Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores associados a adesão e aderência de idosos a um aplicativo de promoção de atividade física

Processo: 19/11584-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Grace Angélica de Oliveira Gomes
Beneficiário:Letícia Fernanda Belo
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Geriatria   Idosos   Atividade física   Aplicativos móveis   Inquéritos e questionários   Estudo observacional   São Carlos (SP)

Resumo

Apesar da ampla recomendação da importância de realizar atividade física (AF) ao longo da vida, uma pequena proporção de idosos atinge a recomendação mundial. Estudos que envolvam estratégias para driblar as barreiras encontradas para a prática regular de AF entre idosos são desejáveis. Aplicativos de smartphones são ferramentas potenciais para promoção da atividade física na velhice, no entanto, ainda é necessário compreender melhor o perfil de idosos que aderem a essa estratégia e que desistem do uso ao longo do tempo. Objetivo: Identificar fatores de adesão e aderência de idosos usuários à um aplicativo de promoção de AF no município de São Carlos - SP. Método: Será realizado um estudo observacional, descritivo, com caráter longitudinal, na cidade de São Carlos - SP. Trata-se de um estudo parte de uma pesquisa maior nomeada Playful Datadriven Active Urban Living (PAUL). A amostra será composta por 100 idosos recrutados por meio de uma ampla divulgação no município que usarem o aplicativo por pelo menos um dia. Aqueles que iniciarem a utilização responderão um questionário online do aplicativo com dados sociodemográficos, condições de saúde e nível de AF. O uso do aplicativo por esses idosos será acompanhado durante três meses. Serão realizadas análise descritiva e análise de sobrevida para avaliação de fatores associados a aderência. Resultados esperados: O perfil de adesão ao aplicativo será de idosas mais jovens, com alto nível de alfabetização e poucas doenças relatadas. Os fatores de desistência possivelmente serão de mulheres, maiores faixas etárias, maiores índices de massa corporal, maior número de doenças e baixo nível de AF inicial.