Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlação entre os valores de lactato sanguíneo e percepção subjetiva de esforço em atletas amadores de ciclismo

Processo: 19/13875-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Rinaldo Roberto de Jesus Guirro
Beneficiário:Rafael Salvador
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Ciclismo   Atividade física   Desempenho atlético   Esforço físico   Lactatos   Análise de regressão e de correlação   Escalas   Inquéritos e questionários

Resumo

Atividades físicas intensas geram alterações fisiológicas. Essas modificações são capazes de produzir danos teciduais, alterações metabólicas e consequentemente implicam a uma diminuição de desempenho esportivo. Nem todos os profissionais da saúde, que trabalham no acompanhamento de atletas possuem acesso aos grandes mecanismos de análises laboratoriais, devido ao alto custo. Nesse sentido, ferramentas que possam reproduzir respostas equiparadas à mensuração de lactato, em relação ao processo de fadiga, parecem ser pertinentes. Objetivo: Analisar a correlação entre os níveis de lactato sanguíneo e a Escala Modificada de Borg em atletas amadores de ciclismo durante um teste incremental. Método: O estudo deverá recrutar pelo menos 30 voluntários praticantes de ciclismo, encontrados na região de Ribeirão Preto, e que se encaixem nos critérios de inclusão e exclusão propostos, do sexo masculino, com idade entre 18 e 45 anos. Os participantes serão submetidos a um teste incremental em um rolo estacionário, visando correlacionar o lactato sanguíneo e a Percepção Subjetiva de Esforço por meio da aplicação da Escala Modificada de BORG. Os testes aplicados irão acontecer em um único dia. As avaliações do estudo irão ocorrer durante 1 hora. Inicialmente os voluntários serão guiados a uma avaliação inicial, para a realização de um questionário acerca de informações pessoais como idade, altura, peso, ausência ou presença de doenças que possam impossibilitar a participação do mesmo. Em seguida os atletas serão orientados à realizarem o teste incremental no rolo estacionário. Durante o exercício serão coletadas de 2 em 2 minutos, amostras sanguíneas para avaliação dos níveis de lactato sanguíneo, bem como a avaliação da Percepção de Esforço por meio da escala de BORG, ao longo do exercício. Será utilizado o teste de normalidade Shapiro-Wilk para se verificar a distribuição dos dados e serão aplicados testes compatíveis para as análises de correlação. Será considerado um nível de significância de 5%.