Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da ingestão alimentar e sua correlação com a composição corporal e desempenho de corredores de 5km

Processo: 19/22330-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Carla Barbosa Nonino
Beneficiário:Gabriela Ueta Ortiz
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Nutrição esportiva   Ingestão de alimentos   Corredores   Composição corporal   Corridas   Avaliação nutricional

Resumo

A ingestão alimentar possui forte relevância para se alcançar um bom desempenho esportivo, visto que está relacionada a sustentação de componentes fisiológicos envolvidos no exercício, como o metabolismo energético, a reparação tecidual, a reposição de estoques na fase de recuperação entre outros. A composição corporal também parece ser preditora em corridas de meia e longa distância, visto que a gordura corporal, dentre outras variáveis antropométricas, aparentemente possuem correlação positiva com o tempo de corrida. Sendo assim, o objetivo do presente estudo será avaliar a ingestão alimentar e correlacionar com a composição corporal e o desempenho de corredores fundistas. Serão avaliados 20 voluntários do sexo masculino que praticam corrida há mais de 1 ano, com uma frequência de treino semanal mínima de três sessões e que possuem um tempo de prova de 5km igualou abaixo de 20 minutos. Serão utilizados como métodos para avaliação da ingestão alimentar o registro alimentar e o recordatório de 24 horas, e para avaliação da composição corporal será utilizado o método de dobras cutâneas. Um teste de 5km contra o relógio será conduzido em uma pista de atletismo. Será realizado uma análise estatística descritiva dos dados (média e desvio padrão), e após atestado a normalidade, uma correlação de Pearson e/ou Spearman entre as variáveis do estudo. Será adotado como significante o valor de p menor que 0,05.