Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do viroma e trasncriptoma imune placentário de gestantes infectadas pelo Vírus Zika e de gestações de alto risco

Processo: 19/18720-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Maria Laura Costa do Nascimento
Beneficiário:Guilherme de Moraes Nobrega
Instituição Sede: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Placenta   Gravidez de alto risco   Vírus Zika   Síndrome congênita do vírus Zika   Sequenciamento de nova geração   Transcriptoma
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Covid-19 | Detecção viral | Morfologia placentária | placenta | SARS-CoV-2 | Biologia Placentária

Resumo

As gestações de alto risco são caracterizadas na conjuntura em que a mãe, o feto ou ambos correm maior risco de problemas durante a gravidez ou parto do que em uma gravidez típica. Este cenário normalmente está associado com alguma síndrome ou doença crônica, infecções, ou complicações de uma gravidez anterior. Recentemente, tais quadros se mostraram de extrema relevância com a emergência do Zika vírus (ZIKV). Patógenos estes promoveram grandes epidemias no Brasil nos anos de 2015 e 2016, evidenciando a associação entre sua infecção na gestação e o desenvolvimento de alterações neurológicas e morfofuncionais fetais, conhecida como Síndrome Congênita do Zika. Entretanto, pouco se sabe sobre como esta patologia e de outras gestações de natureza semelhante de risco modulam o sistema imune e a diversidade microbiana viral nos diferentes ambientes placentários, que podem estar associados a severidade clínica. Para determinar tais fatores, uma coleta, estratificada e padronizada, de biopsias placentárias de grupos representativos de população gravídica de alto risco será efetuada, contemplando gestantes acometidas por pré-eclâmpsia, doença falciforme e arboviroses, de caráter preferencialmente emergente. Por meio de técnicas de sequenciamento de nova geração (NGS) com ultra-high throughput, uma biblioteca de sequências nucleotídicas gerada do processamento destas amostras será utilizada para metagenômica e RNA-Seq. Com estes dados, pretende-se caracterizar o viroma e o perfil do transcriptoma imune nas regiões placentárias representativas obtidas de gestantes de alto risco gestacional, com foco nas particularidades de gestantes infectadas por ZIKV, buscando associações com o estado clínico-patológico.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NOBREGA, GUILHERME DE MORAES; SIQUEIRA GUIDA, JOSE PAULO; JAPECANGA, RODOLFO ROSA; ANTOLINI-TAVARES, ARTHUR; MYSOREKAR, INDIRA; COSTA, MARIA LAURA. Coleta placentária para entender infecções virais - Um protocolo simplificado para a pandemia de COVID-19. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, v. 43, n. 5, p. 377-383, . (19/18720-6)
NOBREGA, GUILHERME M.; SAMOGIM, ANA PAULA; PARISE, PIERINA L.; VENCESLAU, EMANUELLA M.; GUIDA, JOSE PAULO S.; JAPECANGA, RODOLFO R.; AMORIM, MARIENE R.; TOLEDO-TEIXEIRA, DANIEL A.; FORATO, JULIA; CONSONNI, SILVIO R.; et al. TAM and TIM receptors mRNA expression in Zika virus infected placentas. Placenta, v. 101, p. 204-207, . (17/26908-0, 17/22062-9, 17/02402-0, 19/18720-6, 16/00194-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.