Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização bioquímica do inibidor de serinoproteases putativo da família tipo Kazal (AaKz211) modulado em mosquitos Aedes aegypti infectados com vírus dengue 2

Processo: 19/26101-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 09 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Aparecida Sadae Tanaka
Beneficiário:Giulia Scomparim
Instituição-sede: Instituto Nacional de Farmacologia (INFAR). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/03779-5 - Uso de phage display como ferramenta no diagnóstico e controle de doenças transmitidas por vetores hematófagos, AP.TEM
Assunto(s):Vírus da dengue   Aedes aegypti   Resposta imune   Vetores de doenças   Insetos hematófagos   Serina proteases

Resumo

Devido aos seus hábitos hematófagos, as fêmeas do mosquito Aedes aegypti são os principais vetores responsáveis pela transmissão de agentes etiológicos causadores da Dengue, Febre amarela, Chikungunya e Zika. Ao ingerirem sangue infectado, inicia-se uma resposta imune, e o patógeno passa a modificar a expressão proteica do mosquito. Entretanto, pouco se sabe sobre quais moléculas são produzidas ou moduladas no Aedes aegypti durante estas infecções (Lee et al. 2019) e, portanto, há a necessidade de compreender como o vírus sobrevive e se prolifera, superando o sistema imune do Aedes aegypti. Recentemente, identificou-se a presença de um inibidor do tipo Kazal (AAEL000211) no genoma de Aedes aegypti, uma sequência gênica que se encontra modulada negativamente durante a infecção do mosquito com vírus DENV2 (em experimentos microarray). Os inibidores do tipo Kazal são descritos principalmente em animais hematófagos, embora também tenham sido identificados em outros invertebrados. Dentre os inibidores do tipo Kazal de mosquito Ae. aegypti, o nosso grupo já caracterizou o inibidor Kazal (AAEL006007) denominado de AaTI capaz de interferir na coagulação sanguínea. O inibidor de serinoproteases da família Kazal (AAEL000211) selecionado será clonado, sequenciado e em seguida expresso e caracterizado. Posteriormente, de posse da proteína AaKz211 recombinante será possível estudar o papel deste inibidor no Ae. aegypti e a sua importância na interação do mosquito com o vírus durante a infecção, o que poderá contribuir no desenvolvimento de métodos para o controle do vetor e ou transmissão de doenças por esses agentes.