Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do proteoma plasmático e resposta antioxidante de frangos de corte suplementados com óleo da semente de maracujá

Processo: 19/12179-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:José Roberto Sartori
Beneficiário:Fernanda Kaiser de Lima Krenchinski
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Nutrição animal   Frangos de corte   Antioxidantes   Qualidade da carne

Resumo

Em função da constante procura por novos aditivos que assegurem a crescente produção de carne de frangos e da busca pelos consumidores por uma carne de qualidade, com atributos funcionais, o objetivo desse trabalho é estudar o efeito da suplementação de óleo da semente de maracujá (OSM) para avaliação de seu potencial antioxidante pela abordagem proteômica, análises da atividade de enzimas do sistema antioxidante e presença de substâncias produzidas no estresse oxidativo em frangos de corte. Para isso serão utilizados 450 pintainhos de 1 dia de idade, machos, da linhagem Cobb® 500, no qual serão alojados em gaiolas de arame galvanizado (0,4 x 0,5 x 0,6m) com comedouros tipo calha bebedouros tipo nipple, em duas câmaras climáticas: termoneutra e outra com estresse cíclico por calor, com 45 gaiolas cada. O delineamento será inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 5, sendo duas temperaturas (termoneutra e estresse cíclico pelo calor) e cinco tratamentos: controle (sem inclusão de OSM) + quatro níveis de inclusão de OSM: 0,30; 0,50; 0,70; 0,90%) com nove repetições de cinco aves cada. A ração experimental será desprovida de antibióticos como melhorador de desempenho, sendo utilizado anticoccidiano em todos os tratamentos. Serão feitas análises de caracterização e determinação da capacidade antioxidante do óleo da semente de maracujá, determinação da atividade de enzimas do sistema antioxidante no fígado, definição da capacidade antioxidante e peroxidação lipídica no sangue e análise proteômica no plasma sanguíneo de frangos de corte. Os dados serão tabulados e analisados utilizando-se análise de variância com auxílio do SAS 9.2 (SAS Institute, 2008) e, quando significativas (P<0,05), para as médias dos níveis de inclusão do óleo semente de maracujá será aplicada análise de regressão (Proc Reg do SAS 9.2) e para as variáveis que não atenderem as premissas dos testes de normalidade e homogeneidade serão utilizados teste de Kruskal Wallis, seguido pelo teste do Qui-Quadrado (P<0,05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)