Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de novas substâncias psicoativas (NSP) em amostras de fluido oral por espectrometria de massas de alta resolução e estudo de metabolismo in vitro

Processo: 19/23954-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 30 de junho de 2020
Vigência (Término): 29 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:José Luiz da Costa
Beneficiário:Kelly Francisco da Cunha
Supervisor no Exterior: Barry K. Logan
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Center for Forensic Science Research and Education, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/11849-0 - A toxicologia das Novas Substâncias Psicoativas (NSP): epidemiologia do consumo através da análise de amostras de fluido oral e caracterização de seu metabolismo in vitro, BP.DR
Assunto(s):Toxicologia forense   Psicotrópicos   Intoxicação   Epidemiologia   Desenvolvimento de tecnologia   Microssomos

Resumo

O número de novas substâncias psicoativas (NSP) têm crescido exponencialmente nos últimos anos. Devido a sua alta capacidade de gerar efeitos com baixas doses, o número de intoxicações tem crescido juntamente com o seu consumo. No Brasil, dados epidemiológicos envolvendo o consumo dessas substâncias não estão disponíveis. Os dados existentes estão relacionados a casos de intoxicação, alguns deles fatais. Na maioria dos casos, essas substâncias são detectadas nas amostras biológicas em concentrações na ordem de ng/mL (ou menos ainda), exigindo técnicas sensíveis para sua detecção. Além disso, os metabólitos gerados após o consumo de NSP nem sempre são conhecidos; entretanto, conhecê-los ajuda no desenvolvimento de métodos mais seletivos e/ou facilita a identificação de seu precursor, tornando mais largas sua janelas de detecção. Uma das formas de estudar o metabolismo humano para determinada substância é usando microssomas hepáticos humanos ou hepatócitos humanos em presença do analito de interesse e cofatores a fim de mimetizar o meio biológico, mas em um meio reduzido. Objetivos: 1) analisar amostras de fluido oral coletadas no Brasil usando método untarget baseado em cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas de alta resolução (LC-HRMS). Essas análises têm o propósito de cobrir um número maior de NSP do que as possíveis de detectar atualmente no nosso método desenvolvido no Brasil que utiliza análise target por reações de monitoramento múltiplo (MRM). 2) estudar o metabolismo in vitro de NSP a partir de microssomas hepáticos humanos (HLM) e hepatócitos humanos (HLH). Material e método: As amostras de fluido oral coletadas no Brasil serão enviadas ao laboratório do Center for Forensic Science Research and Education (CFSRE). Serão extraídas de acordo com o protocolo validado pelo CFSRE e analisadas por cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas com analisador quadrupolo-tempo de vôo (Qtof). A partir dos resultados obtidos nessas análises, as NSP detectadas serão alvo para o estudo de metabolismo in vitro usando HLM e HLH. As amostras geradas nesses estudos de incubação serão analisadas por espectrometria de alta resolução (Sciex TripleTOF® 5600+ QTOF). Resultados esperados: Das amostras de fluido oral já coletadas no Brasil e analisadas por espectrometria de massas triplo quadrupolar, espera-se expandir o conhecimento sobre o consumo deste novo e importante grupo de drogas de abuso no ambiente de festas no país, a fim de se estabelecer quais as principais substâncias em circulação. A partir dos estudos de metabolismo in vitro, espera-se predizer a toxicocinética das substâncias mais incidentes nesse contexto, assim como elucidação estrutural de seus principais metabólitos. (AU)