Busca avançada
Ano de início
Entree

Sequenciamento tipo genoma skimming de Ceratomyxa spp. (Myxozoa: Cnidaria) das bacias dos Rios Amazonas e Paraná, Brazil

Processo: 19/26082-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Antonio Augusto Mendes Maia
Beneficiário:Suellen Aparecida Zatti
Supervisor no Exterior: Beth Okamura
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Local de pesquisa : Natural History Museum, London, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:18/19285-9 - Sistemática, interação parasito-hospedeiro e estudo genético populacional de mixozoários (Cnidaria: Myxozoa) parasitos de peixes do gênero Plagioscion (Perciformes, Sciaenidae), BP.PD
Assunto(s):Parasitologia   Parasitos   Filogenia   Myxozoa   Myxosporea

Resumo

Myxozoa representa um diverso grupo de endoparasitas microscópicos, com um complexo ciclo de vida que envolve tanto um hospedeiro invertebrado (anelídeos ou briozoários) quanto vertebrado (principalmente peixes). São conhecidos como uns dos principais ictioparasitas, ocasionando doenças com alto impacto econômico. Estudos filogenômicos tem revelado que mixozoários pertencem ao filo Cnidaria, mas que sofreram uma extensa simplificação morfológica. A transmissão do parasita ocorre via esporos multicelulares que contêm cápsulas polares com túbulos polares no interior. As cápsulas polares são homólogas aos nematocistos e são utilizadas para ancorar o parasita ao hospedeiro. Contudo, os mecanismos envolvidos na evolução para o modo de vida parasitário e a subsequente radiação do grupo ainda não estão compreendidos. Investigações recentes a nível genômico de algumas espécies de mixozoários, incluindo o sequenciamento completo, o sequenciamento do RNA e estudos proteômicos tem fornecido valiosos conhecimentos sobre a biologia, o metabolismo, a interação parasito e hospedeiro e a evolução das espécies. Essas informações podem eventualmente facilitar o desenvolvimento de agentes terapêuticos contra esses importantes parasitas. Nesse contexto, o principal objetivo desse projeto é utilizar, pela primeira vez, uma abordagem genômica para estudar a diversidade, a taxonomia, o desenvolvimento e os aspectos evolutivos de Ceratomyxa spp. encontradas parasitando peixes em ambientes de água doce no Brasil. Para isso, escolhemos o método do genoma "skimming", que permite o sequenciamento e a identificação de genes nucleares e mitocondriais considerados importantes para estudos de taxonomia e evolução. Genes envolvidos em diferentes aspectos do desenvolvimento, genes que codificam para proteínas envolvidas na motilidade dos plasmódios, além de genes que possam expressar toxinas que podem estar envolvidas no processo de infiltração do parasita no hospedeiro durante o processo de infecção também serão estudados. Os dados obtidos neste estudo serão comparados com outros mixozoários cujo genoma já se encontra disponível nas bases de dados bem como com o cnidário endoparasita Polypodium hydriforme e com espécies de cnidários de vida-livre. (AU)