Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de materiais binários de Pd e Ag para modificação do eletrodo de carbono vítreo e eletrodo impresso descartável para determinação de melatonina e nitrito

Processo: 19/24428-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Bruno Campos Janegitz
Beneficiário:Rafaela Cristina de Freitas
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/21097-3 - Interações abelha-agricultura: perspectivas para a utilização sustentável, AP.TEM
Assunto(s):Eletroanalítica   Materiais nanoestruturados   Nanopartículas metálicas   Eletrocatalisadores   Eletrodos   Melatonina   Nitrito de sódio   Carbono vítreo

Resumo

A necessidade no campo da eletroanalítica por novos dispositivos com alta sensibilidade, estabilidade e possibilidade de miniaturização e portabilidade vem crescendo nos últimos anos, assim o desenvolvimento de eletrodos impressos descartáveis e de nanomateriais para modificação da superfície do eletrodo de carbono vítreo e tem sido o interesse na área de análises industriais, médicas e ambientais por oferecerem variados tipos de aplicações, com vantagens como o relativo baixo custo, possibilidade de produção em massa e modificação, facilidade de uso e atividade catalítica no caso dos nanomateriais. Os eletrodos impressos descartáveis são fabricados por meio de tintas condutoras compostas principalmente por um material condutor e uma matriz polimérica que será aplicada sobre um substrato quimicamente inerte. Nos eletrocatalisadores a combinação de nanomateriais de platina e paládio com outros metais possui a finalidade de aumentar sua atividade catalítica e a possibilidade de modificação da superfície de eletrodos na atuação como sensores eletroquímicos. Essas modificações com o material podem ser realizadas por meio de sua fixação na superfície do eletrodo com filmes poliméricos, onde nesse trabalho será utilizado um filme a base de tapioca. Assim, a proposta desse projeto visa o desenvolvimento de material binário de paládio e prata distribuído em negro de fumo e de um eletrodo miniaturizado descartável de tinta condutora para a detecção de nitrito de sódio e melatonina.