Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da atividade física na saúde mental de mulheres em recuperação do câncer de mama

Processo: 19/22350-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Cognitiva
Pesquisador responsável:Ricardo da Costa Padovani
Beneficiário:Carolina Bernardi de Souza
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Psicologia clínica   Saúde mental   Neoplasias mamárias   Ansiedade   Depressão   Atividade física   Entrevistas (psicologia)

Resumo

O diagnóstico do câncer de mama acarreta um impacto significativo na vida da mulher. Além dos sintomas físicos e das representações sociais comuns a qualquer tipo de câncer, as mulheres diagnosticadas com câncer de mama lidam com medos específicos, estando estes relacionados aos significados simbólicos das mamas, isto é, de identidade feminina e sexualidade. Compreendendo o câncer de mama enquanto evento estressor e propiciador de sofrimento físico, psíquico e social, tem-se que este abala a saúde mental das mulheres acometidas, estando atrelado a elevados índices de ansiedade e depressão. Diante desse cenário, a atividade física emerge como possível recurso de enfrentamento e prática promotora de saúde mental para as mulheres com câncer de mama. O presente estudo tem como objetivo investigar o impacto da prática de atividade física regular na saúde mental de mulheres em recuperação do câncer de mama. A abordagem metodológica será quanti-qualitativa. Participarão do estudo oito mulheres em recuperação do câncer de mama. As participantes responderão a uma entrevista semiestruturada e a uma escala de investigação de sintomas de estresse, ansiedade e depressão (DASS-21-Depression, Anxiety and Stress Scale - short form). O material coletado nas entrevistas será analisado a partir dos conteúdos emergidos das categorias apriorísticas elencadas nas questões norteadoras do roteiro de entrevista. Os dados quantitativos do DASS-21 serão analisados descritivamente. Acredita-se que os resultados provenientes deste estudo possam ampliar o entendimento da importância da atividade física na promoção da saúde mental de mulheres em recuperação do câncer de mama. (AU)