Busca avançada
Ano de início
Entree

Viabilidade da produção de Pleurotus ostreatus a partir do substrato de resíduos de gramíneas e podas de árvores urbanas

Processo: 19/22620-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Meire Cristina Nogueira de Andrade
Beneficiário:Catharina Gabriel Oioli Rodrigues da Silva
Instituição-sede: Faculdade Gran Tietê. Instituições de Ensino Reunidas Tietê (IERT). Barra Bonita , SP, Brasil
Assunto(s):Aproveitamento de subprodutos   Resíduos agroindustriais   Resíduos urbanos   Cogumelos comestíveis   Poda   Lignina   Agaricales   Gramíneas

Resumo

O fungo Pleurotus ostreatus, de nome popular Shimeji, é um cogumelo comestível que pode ser cultivado em diversos resíduos agroindustriais que contenham lignina e celulose, devido ao seu complexo enzimático que degrada estes componentes, utilizando-os para seu desenvolvimento. Assim, o substrato de cultivo desta espécie pode variar conforme a disponibilidade de materiais em diferentes regiões e climas. Todavia, a literatura carece de estudos acerca do uso de podas de árvores e de gramíneas para esta finalidade. Estes resíduos urbanos geralmente são descartados em aterros sanitários ou incinerados, causando impactos ambientais. Neste contexto, seu uso como substrato para o cultivo de cogumelos pode vir a se tornar uma opção viável para diminuir a disposição desses produtos na natureza e gerar um produto de valor agredado (cogumelo). Portanto, o presente projeto de pesquisa objetiva estudar a viabilidade das podas de árvores e de gramíneas na formulação de novos compostos para o cultivo do P. ostreatus, em diferentes proporções, levando-se como critérios de avaliação a massa do basidioma fresco, o número de cachos, a caracterização química dos substratos, a perda de matéria orgânica e a eficiência biológica de cada tratamento. (AU)