Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do efeito da inibição de Cu/Zn-Superóxido dismutase (SOD) na ação fotodinâmica antimicrobiana

Processo: 19/26524-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Carla Raquel Fontana Mendonça
Beneficiário:Vinícius Medeiros Momesso
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Estresse oxidativo   Terapia fotodinâmica   Superóxido dismutase   Inibição   Micro-organismos   Biofilmes   Escherichia coli

Resumo

A Terapia Fotodinâmica (TFD) tem se mostrado muito eficiente tanto para o tratamento de cânceres quanto como terapia antimicrobiana, além de ser um tratamento não invasivo e de eficácia comprovada in vivo. Nas últimas décadas, tem sido conduzido estudos aplicando a TFD como monoterapia e também como terapia combinada, visando uma otimização do método e, em sua maioria, envolvem a combinação dessa modalidade de tratamento com antibióticos. No entanto sabe-se que a resistência de microrganismos contra esses compostos tem aumentado nos últimos anos e a expectativa é que o número de mortes por ano aumente em 10 milhões até 2050 devido a esse fato. A combinação da TFD com outros compostos pode resultar numa diminuição no uso desses antimicrobianos e na concentração de fotossensibilizador utilizado e ainda provocar um aumento na eficácia da terapia. O tratamento tem como mecanismo a produção de radicais livres de oxigênio, sendo um deles o radical superóxido (O2-), através da aplicação concomitante de um fotossensibilizador (FS) e de determinado comprimento de luz. Nesse contexto, o presente estudo visa a potencialização da TFD com o uso do inibidor de Superóxido Dismutase (SOD), Dietil-ditiocarbamato (DDC), mais especificamente inibidor de Cu/Zn-SOD, enzima que age na defesa do organismo contra o estresse oxidativo via radical superóxido (O2-). Microrganismos que produzem Cu/Zn-SOD, como defesa contra danos ao DNA e à integridade da célula, podem ser suscetíveis a combinação de tratamento proposto neste estudo. Portanto, será avaliada a eficácia da terapia com diferentes concentrações dos fotossensibilizadores azul de metileno (AM) e Curcumina (CUR) e do inibidor DDC, tendo como modelo a bactéria Escherichia coli ATCC 25922 que será testada tanto em suspensão quanto em biofilme. Os resultados obtidos serão avaliados através do método estatístico ANOVA e de outros quando julgar-se necessário.