Busca avançada
Ano de início
Entree

Proposta de medicina personalizada utilizando perfil farmacogenético em pacientes idosos usuários de varfarina

Processo: 19/20993-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Mario Hiroyuki Hirata
Beneficiário:Vitor Pitta Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia molecular   Farmacogenética   Polimorfismo genético   Varfarina   Idosos   Técnicas de laboratório clínico

Resumo

A varfarina é um anticoagulante oral eficaz e muito usado para o tratamento e prevenção de distúbios tromboembólicas. No entanto, observa-se uma dificuldade para estabelecer a dose semanal ideal de varfarina devido à sua faixa terapêutica estreita e, elevado risco de hemorragias. O exame mais utilizado para controle da anticoagulação oral é o tempo de protrombina, através do cálculo da razão normalizada internacional (RNI). Os idosos requerem um monitoramento efetivo devido a fatores inerentes da idade como a polimedicação, dieta rica em vitamina K e doenças cardíacas, os quais levam a variabilidade na resposta e na dose necessária de varfarina para atingir o INR desejado. Embora seja conhecido que os fatores genéticos influenciam na resposta terapêutica à varfarina, na rotina da maioria dos hospitais brasileiros a análise farmacogenética ainda não é considerada no ajuste de dose. Assim, o objetivo desse estudo foi avaliar a associação entre os polimorfismos nos genes VKORC1, CYP2C9 e CYP4F2 e a dose semanal de varfarina necessária para estabilizar o INR em pacientes idosos. Serão incluídos no estudo 101 pacientes com idade igual ou superior a 70 anos, acompanhados no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Todos os pacientes incluídos estavam em tratamento com varfarina e apresentaram valores de INR entre 2 e 3 em pelo menos 3 visitas consecutivas com a mesma dose semanal. A análise dos polimorfismos foi realizada através da PCR em tempo real utilizando os reagentes TaqMan" Sample-to-SNP" e o sistema de detecção TaqMan® SNP Genotyping Assay. As análises estatísticas foram feitas através do Statistical Package for the Social Sciences v. 22.0. O nível de significância adotado foi de 5%. (AU)