Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resistência flexural, módulo de elasticidade e profundidade de polimerização de resinas compostas experimentais contendo nanoestruturas de TiO2 funcionalizadas

Processo: 19/22618-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Adilson Yoshio Furuse
Beneficiário:Flávio Yutaka Ikeda Ishiara
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística   Materiais dentários   Materiais nanoestruturados   Resinas compostas   Resistência à flexão   Polimerização   Dióxido de titânio   Elasticidade   Microscopia eletrônica de varredura

Resumo

O objetivo do trabalho será avaliar a influência de diferentes concentrações de nanoestruturas de TiO2 funcionalizadas nas propriedades mecânicas de resinas compostas experimentais. Nanotubos ou nanopartículas de TiO2, nas concentrações de 0,3 e 0,9% em peso funcionalizados com silano 3-aminopropil trimetoxisilano (APTMS) ou 3-Trimetoxisilil-Propil-Metacrilato (TMSPM) serão adicionados em resinas compostas experimentais, contendo BisGMA e TEGDMA (proporção em peso de 75-25%), 0,25% de canforquinona (CQ) e DABE (1%), ambas em peso. Os grupos serão distribuídos de acordo com o tipo, quantidade de nanoestruturas de TiO2 e tipo de funcionalização. A microscopia eletrônica de varredura (MEV) será realizada para caracterização das resinas compostas experimentais. Para análise de resistência flexural e módulo de elasticidade, serão confeccionadas 45 barras de resina (n=5) a partir de uma matriz bipartida, contendo 8x2x2 mm em suas dimensões. Os espécimes serão fotoativados por 20s a 1000mV/cm2 e serão submetidos ao teste de flexão de 3 pontos em uma máquina de ensaio universal com célula de carga de 50N e velocidade de 0.5mm/min. Para avaliar a profundidade de polimerização, espécimes de 2mm e 4mm serão confeccionados (n=5) a partir de molde cilíndrico de polietrafluoretano. A resina será inserida na matriz e os espécimes serão fotoativados (1000 mW/cm2 por 20s). Após 24h, os espécimes serão avaliados para avaliar profundidade de polimerização através do grau de conversão e dureza. Os resultados serão analisados através dos testes de Anova a 1 critério e Tukey, caso haja normalidade e homogeneidade de variâncias. O nível de significância adotado será de 5%.