Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de colunas capilares tubulares abertas para micro e nano cromatografia líquida acopladas a espectroscopia de massas sequencial

Processo: 19/26263-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Fernando Mauro Lanças
Beneficiário:Natalia Gabrielly Pereira dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/02147-0 - Cromatografia líquida em uma gota e seu acoplamento com espectrometria de massas: estratégias instrumentais, desenvolvimento de materiais, automatização e aplicações analíticas, AP.TEM
Assunto(s):Cromatografia   Cromatografia líquida   Espectroscopia de massa   Miniaturização

Resumo

A cromatografia líquida (LC) é uma das técnicas de separação mais versáteis, sendo empregada em inúmeras áreas relevantes do conhecimento científico. A sua miniaturização, entendida aqui como a diminuição do diâmetro interno das colunas, sucedeu a introdução das colunas capilares em cromatografia gasosa por Golay. Dessa arte, o atual interesse concentra-se no desenvolvimento de novas colunas para LC, visando o aumento da eficiência da técnica e a implementação dos diversos benefícios inerentes a ela. Esses compreendem principalmente a miniaturização dos sistema e suas implicações como, por exemplo, a economia de solventes e amostras e o acoplamento com sistemas de detecção comumente utilizados em cromatografia gasosa, como a espectrometria de massas. Dentre as colunas empregadas em LC, destaca-se as colunas capilares tubulares abertas do tipo PLOT (Porous Layer Open Tubular) e WCOT (Wall Coated Open Tubular), com poucos estudos acerca da avaliação e emprego de novos materiais e técnicas em seu preparo. Nesse contexto, este projeto de pesquisa visa realizar o estudo de novos materiais para os dois tipos de colunas, aliado a uma otimização do sistema de preparo das colunas a serem operadas em linha com sistemas miniaturizados (¼-LC e nano-LC) acoplados a espectrometria de massas sequencial (MS/MS). (AU)