Busca avançada
Ano de início
Entree

Fluxos, especiação e biodisponibilidade de arsênio na interface água/sedimento em lagoas alcalinas do Pantanal de Nhecolândia utilizando DGT

Processo: 19/18124-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Anne Helene Fostier
Beneficiário:José Lucas Martins Viana
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/14227-5 - Mudanças climáticas e impactos ambientais em áreas alagadas (wetlands) do Pantanal (Brasil): quantificação, fatores de controle e previsão em longo prazo, AP.PFPMCG.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):21/14272-9 - Economias circulares: usando DGT para avaliar a cinética de liberação de fósforo em solos tratados com fertilizantes alternativos à base de resíduos, BE.EP.DR
Assunto(s):Química ambiental   Poluição da água   Contaminantes químicos da água   Biogeoquímica   Biodisponibilidade   Especiação química   Sedimentos   Arsênio   Pantanal   Lagoas   Nhecolândia (MS)
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:arsênio | biodisponibilidade | biogeoquímica | Dgt | Especiação | Sedimentos | Quimica Ambiental

Resumo

O arsênio (As) é um metal abundante na crosta terrestre, ocorrendo em diversos compartimentos ambientais, além de ser disponibilizado por atividades antropogênicas. Nos últimos anos, altos níveis de arsênio (até 4 mg L-1) foram detectados em lagoas alcalino-salinas presentes na região de Nhecolândia, no Pantanal sul-mato-grossense. Essa região é caracterizada por uma das maiores biodiversidades do Pantanal e pela ocorrência de diversas lagoas com características peculiares, como elevado pH (8 - 11) e elevada salinidade. Não obstante, essas lagoas salinas ocorrem lado a lado com lagoas de água doce. O ciclo biogeoquímico do As, bem como sua biodisponibilidade e especiação são pouco conhecidos nesse ambiente. Deste modo, este trabalho visa contribuir para a elucidação do comportamento ambiental do arsênio na região de Nhecolândia, uma vez que se propõe a avaliar a biodisponibilidade, especiação e disponibilização do arsênio, com foco na interface sedimento/água, onde concentrações relativamente baixas (até 20 mg/kg) já foram determinadas, ao contrário do observado na coluna de água e nas águas subsuperficiais em volta das lagoas, onde as concentrações de As podem atingir ate ~4 mg/L. A utilização da técnica de amostragem passiva Difusão em Filmes Finos por Gradiente de Concentração (DGT) constitui um dos pontos centrais deste trabalho. A aplicação do DGT neste estudo visa minimizar problemas associados à amostragem, bem como fornecer informações relevantes como, por exemplo, biodisponibilidade, mobilidade de As na interface água/sedimento, taxa de reposição sedimento-água intersticial, entre outras potencialidades que poderão ser exploradas durante o período sanduiche no laboratório do Prof. Paul N. Williams na Queen's University (Irlanda). Deste modo, ao final deste trabalho, espera-se obter um diagnóstico confiável da contaminação, mobilidade e biodisponibilidade de arsênio na interface sedimento/água das lagoas alcalino-salinas de Nhecolândia.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ELIAS, LUCAS PELLEGRINI; MENEGARIO, AMAURI ANTONIO; HERNANDEZ, AMAURIS HECHAVARRIA; EISMANN, CARLOS EDUARDO; MARTINS VIANA, JOSE LUCAS; PEDROBOM, JORGE HENRIQUE; DE OLIVEIRA JUNIOR, EDSON GERALDO; BARBIERO, LAURENT; FOSTIER, ANNE HELENE. In situ fractionation and redox speciation of arsenic in soda lakes of Nhecolandia (Pantanal, Brazil) using the diffusive gradients in thin films (DGT) technique. Chemosphere, v. 288, n. 2, . (16/14227-5, 18/17069-7, 19/18124-4, 21/00572-0)
MARTINS VIANA, JOSE LUCAS; MENEGARIO, AMAURI ANTONIO; FOSTIER, ANNE HELENE. Preparation of environmental samples for chemical speciation of metal/metalloids: A review of extraction techniques. Talanta, v. 226, . (16/14227-5, 18/17069-7, 19/18124-4)
VIANA, JOSE LUCAS MARTINS; DE SOUZA, ADRIANA FELIX; HERNANDEZ, AMAURIS HECHAVARRIA; ELIAS, LUCAS PELLEGRINI; EISMANN, CARLOS EDUARDO; REZENDE-FILHO, ARY TAVARES; BARBIERO, LAURENT; MENEGARIO, AMAURI ANTONIO; FOSTIER, ANNE HELENE. In situ arsenic speciation at the soil/water interface of saline-alkaline lakes of the Pantanal, Brazil: A DGT-based approach. Science of The Total Environment, v. 804, . (16/14227-5, 18/17069-7, 19/18124-4, 19/07359-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.