Busca avançada
Ano de início
Entree

Lina por ela mesma: a construção da autoimagem de uma mulher na arquitetura

Processo: 19/24646-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Amália Cristovão dos Santos
Beneficiário:Luiza de Oliveira Castro de Souza
Instituição-sede: Associação Escola da Cidade Arquitetura e Urbanismo (AEC). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Arquitetura moderna   Relações de gênero   Iconografia   Autoimagem   Mulheres

Resumo

O presente projeto de pesquisa dedica-se ao estudo da figura e trajetória de Lina Bo Bardi por meio dos processos de construção de sua autoimagem e autorrepresentação. Para tal, propomos analisar iconografias posadas e obras escritas (publicadas principalmente em revistas entre as décadas de 1940 e 1960), com ênfase nos materiais textuais que tangem, de alguma forma, a questão de gênero e seus posicionamentos como mulher dentro do campo da arquitetura. Objetiva-se uma investigação de suas estratégias e mecanismos de inserção num campo altamente masculinizado e um tensionamento do mesmo, discutido então a partir de sua trajetória individual e de suas mais variadas formas de produção, possibilitando assim elucidar ainda mais os contornos desse campo profissional. A partir dos referenciais metodológicos de Pierre Bourdieu e Anthony Giddens, procura-se também situar a arquiteta dentro de um momento de consolidação da arquitetura moderna no Brasil e da narrativa que se pretendia afirmar sobre tal, costurando e reconhecendo o papel fundamental dos agentes, do espaço social, dos campos e do contexto em sua construção como profissional e como indivíduo.