Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da interleucina-6 nas respostas da via da autofagia no coração de camundongos submetidos ao exercício físico agudo exaustivo

Processo: 19/17058-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Adelino Sanchez Ramos da Silva
Beneficiário:Rafael Lemes Rovina
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia molecular   Autofagia   Cardiomegalia   Exercício físico   Interleucina-6

Resumo

Nosso grupo de pesquisa verificou que o desequilíbrio entre o excesso de exercício físico e o período adequado de recuperação está associado com sinais de hipertrofia cardíaca patológica, diminuição da fosforilação da proteína AMP-activated protein kinase (AMPK) no resíduo tirosina 172, e aumento das concentrações de interleucina-6 (IL-6) no soro e tecido cardíaco de camundongos. Sabe-se que o aumento da IL-6 é capaz de inibir o processo de autofagia, cuja ativação é considerada um alvo terapêutico promissor para a prevenção e o tratamento de doenças cardiovasculares. Nesse sentido, o principal objetivo do presente projeto de pesquisa será investigar o papel da IL-6 nas respostas da via da autofagia no coração de camundongos submetidos ao exercício físico agudo exaustivo. Para tanto, camundongos wild-type C57BL/6J (WT) e nocaute de IL-6 (KO) serão submetidos a um protocolo de exercício físico agudo exaustivo. Amostras de soro e do músculo cardíaco serão coletadas imediatamente, 1h e 3h após o protocolo de exercício físico exaustivo. Os parâmetros funcionais, séricos e moleculares serão analisados pelo ecocardiograma, fluxo autofágico, além das técnicas de Real time-RTqPCR (Reverse Transcription Polymerase Chain Reaction) e immunoblotting. De acordo com a distribuição estatística dos dados, serão utilizados testes paramétricos ou não paramétricos para a análise dos resultados. Será adotado o nível de significância de p<0, 05. (AU)