Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da comunidade microbiana de bovinos Angus e Nelore durante a adaptação a dietas de alta energia com diferentes estratégias nutricionais

Processo: 19/26533-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Vigência (Término): 28 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Danilo Domingues Millen
Beneficiário:Ana Carolina Janssen Pinto
Supervisor no Exterior: Garret Suen
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Wisconsin-Madison (UW-Madison), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/17983-0 - Caracterização da comunidade microbiana e padrão de fermentação ruminal de bovinos Angus e Nelore durante a adaptação a dietas de alta energia com diferentes estratégias nutricionais, BP.DR
Assunto(s):Nutrição animal   Dieta animal   Metabolismo animal   Gado Nelore   Gado Aberdeen-Angus   Micro-organismos   Confinamento animal

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar o efeito de diferentes estratégias nutricionais durante o período de adaptação e terminação sobre a comunidade bacteriana ruminal de bovinos Angus e Nelore canulados confinados. Serão utilizados 4 bovinos da raça Nelore e 4 bovinos da raça Angus, castrados, com peso vivo inicial aproximado de 450 kg e canulados no rúmen, os quais serão divididos em dois quadrados latinos 4 x 4, sendo que cada quadrado será composto por animais de mesma raça. Os períodos serão divididos em: 14 dias de dieta de adaptação (5 dias de adaptação 1- 65% de concentrado, 4 dias de adaptação 2- 70% de concentrado e 5 dias de adaptação 3- 75% de concentrado) e 18 dias de dieta de terminação (80% de concentrado). As dietas fornecidas serão diferentes apenas no tocante ao processamento dos grãos de milho e pela presença ou não monensina sódica. Portanto, os tratamentos ocorrerão da seguinte maneira: T1) Milho moído fino + monensina (30ppm); T2) Milho moído fino T3) Milho grão úmido + monensina (30ppm) e T4) Milho grão úmido. A duração deste estudo será de 158 dias, sendo compostos por 4 períodos experimentais (32 dias cada período) e três intervalos de washout (10 dias) entre os períodos 1 e 2, 2 e 3 e 3 e 4. O pH será monitorado por meio da utilização de data loggers. Amostras de conteúdo ruminal serão submetidas ao sequenciamento da comunidade bacteriana. (AU)