Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do papel do transportador de poliaminas PotD na formação de biofilme in vitro por Streptococcus pneumoniae

Processo: 19/25728-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2020
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Michelle Darrieux Sampaio Bertoncini
Beneficiário:Brenda Vieira Ferreira
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/24832-6 - Desenvolvimento de vacinas baseadas em BCG recombinante: Tuberculose, Pertussis, Pneumococo e Schistosoma, AP.TEM
Assunto(s):Vacinas   Proteínas recombinantes   Biofilmes   Poliaminas   Fatores de virulência   Streptococcus pneumoniae

Resumo

Streptococcus pneumoniae é uma bactéria de grande importância mundial, responsável por mais de um milhão de mortes anuais. Comumente adquirido nos primeiros anos de vida, o pneumococo coloniza o trato respiratório superior de forma assintomática, formando biofilmes que persistem por meses na nasofaringe. No entanto, sob condições que alteram o ambiente bacteriano, tais como infecções virais, os pneumococos podem escapar do biofilme e invadir outros nichos, causando diversas doenças de gravidade variável. O transportador de poliaminas PotD é um importante fator de virulência do pneumococo. A imunização de camundongos com PotD recombinante é capaz de reduzir a colonização subsequente com a bactéria, em um processo que envolve a produção de elevados níveis da citocina IL-17. Também foi sugerido que PotD está envolvida na formação de biofilmes por pneumococo. Dessa forma, considerando I) o papel protetor de PotD em limitar a colonização bacteriana e II) seu possível envolvimento na formação de biofilme, o presente estudo tem como objetivo elucidar o papel de PotD e das poliaminas na formação de biofilme por pneumococo. Será comparada a formação de biofilmes em pneumococos selvagens e mutantes negativos para Pot, através de ensaios de formação de biofilme em microplaca. Em seguida, a formação de biofilmes será avaliada na presença de poliaminas - produto transportado por PotD, em comparação com meio sem adição de poliaminas. Em conjunto, os dados deste estudo poderão contribuir para determinar o mecanismo de formação de biofilme em pneumococos, bem como sua possível correlação com o processo de colonização.