Busca avançada
Ano de início
Entree

Saberes e práticas em fronteiras: por uma história transnacional da educação (1810-...)

Processo: 19/25903-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Diana Gonçalves Vidal
Beneficiário:Renata Guedes Mourão Macedo
Instituição Sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/26699-4 - Saberes e práticas em fronteiras: por uma história transnacional da educação (1810-...), AP.TEM
Assunto(s):História da educação   Ensino público   Ensino e aprendizagem   Práticas pedagógicas   Material didático
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:arquivos digitais e bibliotecas | circulação internacional de sujeitos | ensino público | História do Livro e da Leitura | inovação e tradição | materiais didáticos | objetos e modelos | História da Educação

Resumo

O projeto pretende discutir as contribuições da História da Educação no que concerne às iniciativas voltadas para se dar conta da diversidade no cotidiano escolar, no âmbito da formação inicial e continuada de professores. A temática da diversidade diz respeito não só às diferenças relativas aos processos de ensino-aprendizagem, mas também à incorporação de segmentos historicamente excluídos que exige o debate de questões ligadas à etnia, imigração e ao gênero, por exemplo, que envolvem várias dimensões do cotidiano escolar. Tais questões dizem respeito desde linguagem, hábitos e valores de diferentes culturas, passando por vestuários e outros aspectos ligados à imagem dos sujeitos que fazem parte da escola (cabelos, sotaque, configurações familiares, por exemplo), até o conteúdo, alguns materiais escolares (como lápis e canetinhas "cor da pele") e a natureza das atividades pedagógicas propostas que afetam diretamente a incorporação desses segmentos e têm um papel fundamental para modificar a relação entre os sujeitos que ali convivem (alunos, professores, membros da equipe gestora e funcionários). Essas discussões poderão promover experiências mais profícuas no que concerne ao desenvolvimento profissional e aos processos formativos realizados no ambiente escolar. Dessa forma, algumas questões deverão nortear a pesquisa: Como entender algumas ações que ainda hoje podem ser consideradas excludentes no interior das instituições escolares? O que a produção da História da Educação pode contribuir para mapear os marcos referentes ao debate acerca da diversidade no contexto escolar e na formação docente? Como De que maneira a escola parceira deste projeto vem lidando com a diversidade em termos das ações desenvolvidas (documentos produzidos, atividades voltadas aos docentes, discentes e funcionários etc.)? Como alguns professores lidam com a diversidade tendo em vista suas trajetórias de formação?

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RENATA MOURÃO MACEDO. Direito ou privilégio? Desigualdades digitais, pandemia e os desafios de uma escola pública. Estud. hist. (Rio J.), v. 34, n. 73, p. 262-280, . (19/25903-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.