Busca avançada
Ano de início
Entree

Fotocatálise plasmônica em vidros óxidos contendo nanopartículas de AG

Processo: 19/16230-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Danilo Manzani
Beneficiário:Thiago Israel Rubio
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07793-6 - CEPIV - Centro de Ensino, Pesquisa e Inovação em Vidros, AP.CEPID
Assunto(s):Troca iônica   Contaminantes emergentes   Espectroscopia Raman   Prata   Nanopartículas

Resumo

O presente projeto visa sintetizar matrizes de vidros óxidos contendo átomos com proeminente atividade fotocatalítica como cério, bismuto e titânio. A processo de fotocatálise plasmônica será explorado pelo efeito de ressonância plasmônica de superfície (SPR) das nanopartículas de prata (NP-Ag) que serão crescidas na superfície do substrato vítreo via método de troca-iônica Na+«Ag+ seguido por tratamento térmico controlado. Devido à forte afinidade e coordenação de grupos funcionais contendo átomos de nitrogênio e enxofre (como ciano e tiol) com a Ag elementar, o desafio do projeto está no estudo e entendimento dos processos de fotocatálise suportada pelo efeito SPR das NP-Ag combinado com a composição química do vidro. O alvo será a degradação de moléculas orgânicas ancoradas à esta superfície de Ag no vidro será monitorada por espectroscopia SERS estudando das bandas de espalhamento Raman das moléculas alvo em baixas concentrações e pertencentes a classe dos contaminantes emergentes. (AU)