Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da incorporação de nanocristais de celulose sobre a adesão e formação de biofilmes simples e misto de Candida Albicans e staphylococcus aureus sensível a meticilina (MSSA) em uma resina acrílica para base protética

Processo: 19/07491-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Ana Carolina Pero Vizoto
Beneficiário:Thais de Sousa Santana
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Nanocristais de celulose   Resinas acrílicas   Biofilmes   Prótese total   Biopolímeros   Inovações tecnológicas

Resumo

A utilização de biopolímeros de fontes renováveis como agentes de reforço nanométricos pode representar uma importante inovação em materiais odontológicos. O objetivo desse estudo será avaliar a adesão e formação de biofilmes simples e mistos de Candida albicans e Staphylococcus aureus sensível à meticilina (MSSA) na superfície de uma resina acrílica para base de prótese, após a incorporação de nanocristais de celulose (CNC). Nanocristais de celulose (CNC) isolados a partir de polpa de madeira serão incorporados em uma resina acrílica para base de prótese (Onda-Cryl - OC, ativada por energia de micro-ondas). Discos de resina acrílica (15 x 3 mm) serão obtidos em cada condição experimental (grupos 0% - controle e 0,75%). Previamente aos testes de adesão e formação de biofilmes, será mensurada a rugosidade média da superfície dos discos em rugosímetro digital Ra (µm) e a energia livre de superfície a partir de medidas de ângulo de contato, obtidas por meio de um goniômetro conectado a um sistema computadorizado. Será realizada a formação de biofilmes a partir dos inóculos de C.albicans e S.aureus nos discos de resina incubados a 37ºC por 90 minutos e 48h. Após esse período, serão feitas as análises de: metabolismo celular pelo ensaio do XTT; avaliação da atividade antimicrobiana através da contagem de unidades formadoras de colônias (UFC/ml) e análise por microscopia confocal a laser. Todas as análises serão realizadas em triplicata em 3 ocasiões distintas para os tempos de 90 minutos e 48 horas. Os dados serão tabulados e submetidos a testes estatísticos adequados, de acordo com a aderência à normalidade, e será empregado um nível de significância de 5%. (AU)