Busca avançada
Ano de início
Entree

A transição de onda de densidade de carga no novo metal de transição dicalcogenado dopado com níquel NixZrTe2

Processo: 19/19706-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Fernando Assis Garcia
Beneficiário:Pedro Henrique Arantes Moya
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/00823-0 - Novos estados topológicos da matéria sob condições extremas, AP.JP
Assunto(s):Densidade (física)   Supercondutividade   Dicalcogenetos de metais de transição   Níquel   Difração por raios X   Cristalografia de raios X

Resumo

Neste projeto propomos a investigação, por meio de técnicas especializadas de raios-X, da ordem de onda de densidade de carga (CDW, do inglês charge density wave), no novo metal de transição dicalcogenado ZrTe_{2}. É sugerido por medidas de transporte que este novo material quando dopado com Ni, Ni_{x}ZrTe_{2}, passa por uma transição CDW com uma temperatura de transição T_{\text{CDW}}=285 K. Observa-se ainda uma transição supercondutora bem definida à uma temperatura T_{\text{SC}}=4 K, fazendo do Ni_{x}ZrTe_{2} uma provável plataforma para a exploração da coexistência de ordenamento de carga e superconductividade. A confirmação do ordenamento CDW e a caracterização da fase CDW, em particular sobre como esta fase comporta-se como função da pressão (P) e da composição (x), são os principais objetivos deste projeto. Em uma primeira etapa, o candidato receberá treinamento e formação sobre experimentos e análise de dados de difração de raios X. Esta etapa inclui estudos de questões básicas da cristalografia e experimentos de difração sob pressão, a serem feitos em colaboração com outros membros do nosso grupo de pesquisa. Na segunda etapa, trataremos de experimentos de raios X em síncrotron, Neste contexto, iremos explorar ao máximo as capacidade únicas da linha de luz EMA no laboratório SIRIUS, que permitem experimentos de técnicas baseadas em raios X em baixas temperaturas e altas pressões, para investigar a possibilidade de coexistência da ordem CDW com supercondutividade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)