Busca avançada
Ano de início
Entree

Fabricação e caracterização de filmes finos e nanofibras eletrofiadas: aplicação de dispositivos sensores de compostos orgânicos voláteis (VOCs)

Processo: 19/26685-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Clarissa de Almeida Olivati
Beneficiário:Marcelo Soares Borro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50869-6 - INCT 2014: em Eletrônica Orgânica INEO, AP.TEM
Assunto(s):Compostos orgânicos voláteis   Polímeros condutores   Politiofenos   Nanofibras   Filmes finos   Sensores   Eletrofiação   Técnica de Langmuir-Blodgett   Microscopia eletrônica de varredura

Resumo

Nas últimas décadas houve um aumento nas atividades industriais e no uso de gases e vapores nocivos. Dentre esses vapores nocivos encontram-se os compostos orgânicos voláteis (VOCs) considerados grandes poluentes do ar. Devido aos efeitos prejudiciais à saúde que os VOCs apresentam, torna-se necessário a produção de dispositivos de sensores de gás com o intuito de detectá-los. Dentre os materiais utilizados para criação dos dispositivos sensores encontram-se os polímeros condutores, que apresentam um baixo custo de processamento e alta sensibilidade a vapores nocivos. Os politiofenos são uma classe de materiais que possuem a capacidade de alterar as propriedades do material quando modificado em suas cadeias laterais, dando a possibilidade da síntese de diferentes derivados como os alquilados de politiofenos (P3ATs). O projeto consiste na produção de nanofibras eletrofiadas e de filmes finos dos derivados dos politiofenos poli(3-hexiltiofeno) (P3HT) e poli(3-octiltiofeno) (P3OT) régio irregulares para aplicação como dispositivos de sensores de gás através das técnicas de eletrofiação, verificando a morfologia através da microscopia eletrônica de varredura (MEV), e as técnicas de Langmuir Schaefer e Langmuir Blodgett para filmes finos, no qual será realizada a caracterização UV-Visível. Os dispositivos serão fabricados sobre os eletrodos interdigitados de ouro (IDE) e será realizado a caracterização elétrica por corrente contínua e a análise como sensor de gás aplicando os VOCs sobre os dispositivos em ciclos de nitrogênio e vapores nocivos. (AU)