Busca avançada
Ano de início
Entree

Análises de estrutura, função e dinâmica das enzimas da via de biossíntese da vitamina B6 em Plasmodium vivax

Processo: 19/26428-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 04 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Alessandro Silva Nascimento
Beneficiário:Angélica Luana Carrillo Barra
Supervisor no Exterior: Christian Jochen Betzel
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universität Hamburg (UHH), Alemanha  
Vinculado à bolsa:18/21213-6 - Caracterização estrutural das enzimas da via de síntese de vitaminas B1 e B6 em Plasmodium falciparum e Mycobacterium tuberculosis, BP.DD
Assunto(s):Biologia estrutural   Doenças transmissíveis   Vitamina B6   Plasmodium vivax   Cristalografia de proteínas   Patógenos   Malária   Resistência a medicamentos

Resumo

As doenças infecciosas são uma das principais causas de morte no mundo, e o número de agentes infecciosos resistentes a antimicrobianos está aumentando continuamente. Plasmodium sp. está entre os principais patógenos multirresistentes, dificultando o tratamento da malária. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a malária é responsável por 435 mil mortes por ano em todo o mundo e 40% dos casos são devidos ao Plasmodium vivax. Esses dados destacam a urgência em identificar novos alvos terapêuticos para o desenvolvimento de antimicrobianos. O avanço do sequenciamento completo do genoma permite a identificação de enzimas e vias que são preservadas em muitos patógenos, mas ausentes nos seres humanos e, portanto, são alvos desejáveis para a descoberta de drogas antimicrobianas. Um exemplo de uma via específica para patógenos é a via de síntese de novo da vitamina B6 (fosfato de piridoxal). O 5-fosfato de piridoxal (PLP) é um cofator essencial para várias enzimas em todos os organismos envolvidos na biossíntese de compostos amino, como aminoácidos. Um complexo de duas enzimas, Pdx1 e Pdx2, realiza a síntese de PLP. O Pdx2 possui uma atividade de glutaminase e entrega uma molécula de amônia ao Pdx1, que sintetiza PLP usando amônia, 5-fosfato de ribose e 3-fosfato de gliceraldeído. Com base nisso, este projeto propõe a investigação estrutural do complexo plasmodial da PLP sintase como um possível alvo para a descoberta de pró-drogas contra P. vivax. (AU)