Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de Natural Deep Eutectic Solvents (NADES) na extração de resíduos da cultura de cana-de-açúcar

Processo: 19/27546-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Cristiano Soleo de Funari
Beneficiário:Caio Barcelos Yamakawa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/06216-6 - Desenvolvimento de metodologias analíticas verdes na busca por compostos orgânicos de alto valor agregado em resíduos agrícolas, AP.JP
Assunto(s):Química verde   Química de produtos naturais   Cana-de-açúcar   Solventes eutéticos naturais profundos   Cromatografia a gás   Espectrometria de massas   Cromatografia líquida

Resumo

O desenvolvimento de solventes sustentáveis representa um desafio importante, pois o uso de solventes frequentemente corresponde à maioria da massa desperdiçada em sínteses e processos. Neste contexto, encontrar solventes verdes como substitutos para os não verdes tornou-se um alvo prioritário. Os ditos solventes eutéticos naturais profundos (NADES) surgem como uma alternativa para o desenvolvimento de novos meios a partir da combinação de dois ou mais compostos de baixíssima toxidez. Anualmente, mais de 400 milhões de toneladas de resíduos de cana-de-açúcar (palhas, folhas e bagaço de colmo) são gerados nos campos destinados à produção de matéria-prima para a produção de açúcar e etanol. Parte destes resíduos poderia ser removida do solo sem comprometer o seu equilíbrio, para a obtenção de produtos e aditivos químicos de maior valor agregado. No projeto ora proposto, NADES formados apenas por componentes de baixa toxicidades serão testados para a extração de isômeros de flavonas C-glicosilados, ácidos fenólicos, triterpenos de resíduos de cana de açúcar, dentre outros. A qualidade dos extratos produzidos será monitorada por cromatografia líquida de ultra-alta eficiência acoplada a espectrofotômetro de ultravioleta e cromatografia a gas acoplada a espectrometria de massas. Os resultados serão comparados aos obtidos por meio da extração com solventes orgânicos tradicionais.