Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do processamento neural da circuitaria meso-cortico-límbica durante o comportamento do tipo-anedônico e sua modulação pelo sistema endocanabinóide

Processo: 20/01510-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia
Pesquisador responsável:João Pereira Leite
Beneficiário:Matheus Teixeira Rossignoli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/17882-4 - Epilepsias farmacorresistentes: desafios diagnósticos, estudo das comorbidades associadas e novas abordagens experimentais, AP.TEM
Assunto(s):Eletrofisiologia   Córtex pré-frontal   Complexo nuclear basolateral da amígdala   Endocanabinoides   Receptores de canabinóides   Epilepsia do lobo temporal   Depressão

Resumo

Na Epilepsia do Lobo Temporal (ELT) a depressão é a comorbidade psiquiátrica mais prevalente. Tanto estudos clínicos e experimentais apontam para atividade disfuncional em circuitos neurais compartilhados por ambas patologias. Nesse sentido, discriminar esses circuitos envolvidos na ELT associada a depressão ainda representa um desafio, mas os estudos de circuitarias envolvidas inicialmente apenas com comportamentos do tipo depressivos per se poderiam auxiliar no futuro para a compreensão desta comorbidade. Em roedores, o comportamento do tipo-anedônico tem sido relacionado a modulação do sistema endocanabinóide em circuitarias meso-cortico-límbicas. Contudo, apesar destes indícios na literatura, são escassos os trabalhos que se prontificaram a investigar o processamento neural destas circuitarias na anedonia e a sua modulação pelo sistema endocanabinóide. Sendo assim, o presente projeto pretende registrar a atividade eletrofisiológica do córtex pré-frontal (CPF), da amígdala basolateral (BLA) e da área tegmental ventral (VTA) durante o comportamento do tipo-anedônico associado ou não a ativação de receptores canabinóides do tipo 1 (CB1) no CPF. Além disso, investigaremos especificamente o papel das projeções dopaminérgicas VTA-CPF via estimulação optogenética e sua relação com o sistema endocanabinóide na anedonia. Dessa forma, esperamos compreender melhor o processamento neural de circuitarias e comportamentos relacionados à depressão e a comorbidades psiquiátricas associadas a ELT. (AU)