Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do transcriptoma do músculo estriado esquelético de juvenis e adultos de pacu (Piaractus mesopotamicus)

Processo: 19/23690-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Edson Assunção Mareco
Beneficiário:Victor Hugo Garcia de Oliveira
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia computacional   Genômica funcional   Desenvolvimento muscular   Expressão gênica diferencial   Organismos aquáticos   Piaractus mesopotamicus   Transcriptoma   Análise de sequência de RNA   Análise in silico

Resumo

O pacu (Piaractus mesopotamicus) apresenta excelentes características zootécnicas, como rápido crescimento, parâmetro que influencia diretamente no aumento da musculatura estriada esquelética. Pesquisas envolvendo a caracterização de genes musculares têm sido realizadas com o uso de tecnologias moleculares, em espécies de peixes modelo como o Zebrafish que possuem o genoma sequenciado. No pacu, espécie que não possui o genoma sequenciado, esta falta de informação genética dificulta a realização de pesquisas relacionadas com a identificação das vias de sinalização que regulam o desenvolvimento, o crescimento e a manutenção do fenótipo muscular. A utilização de sequenciamento de próxima geração (Next-Generation Sequencing), tem se tornado muito efetivo e com progressivo aumento da cobertura, para a obtenção de sequências dos genes transcritos (transcriptoma) em espécies de peixes não modelo. Esta tecnologia possibilita gerar uma sequência referência do transcriptoma para o estudo da expressão gênica global, identificação de duplicações de genes (parálogos), além de permitir futuros sequenciamentos de transcriptomas e genomas da espécie e de outras filogeneticamente relacionadas. Neste trabalho, pretendemos avaliar in silico as diferenças entre a musculatura de adultos e juvenis de pacu. E em seguida realizar a validação de genes identificados como diferencialmente expressos nas análises de bioinformática.