Busca avançada
Ano de início
Entree

Suplementação nutricional para bezerros em aleitamento avaliando desempenho, saúde e detecção termográfica em desafio imunológico

Processo: 20/01116-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Márcia Saladini Vieira Salles
Beneficiário:Gabrielle Doracenzi da Cunha
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/04165-5 - Suplementação nutricional para bezerros em aleitamento avaliando desempenho, saúde e detecção termográfica em desafio imunológico, AP.R
Assunto(s):Saúde animal   Imunologia veterinária   Nutrição animal   Desempenho animal   Suplementos alimentares para animais   Suplementos nutricionais   Antioxidantes

Resumo

A criação e a nutrição de bezerras jovens são importantes para o sistema produtivo porque tem impacto no potencial produtivo futuro de leite. Com os objetivos de 1) estudar o desempenho e a saúde de bezerros na fase de aleitamento, com suplementação de selênio, ferro e vitamina E, e 2) estudar a aplicabilidade da utilização de termografia infravermelha na captação de diferenças na temperatura causadas por processos infecciosos, será realizado um experimento na fazenda experimental do Polo Regional Centro Leste em Ribeirão Preto/SP utilizando 45 bezerros machos recém-nascidos até 60 dias de idade da raça Holandês, submetidos aos seguintes tratamentos: C = sucedâneo controle; SS = sucedâneo suplementado com selênio orgânico + vitamina E; SSFe = sucedâneo suplementado com selênio orgânico + vitamina E + Fe quelato. No experimento será monitorado desempenho, parâmetros sanguíneos e imunológicos durante o aleitamento e durante o desafio imunológico com tristeza bovina e captações de imagens termográficas durante o processo infeccioso causado durante o desafio imunológico com tristeza bovina, correlacionando com a temperatura retal. (AU)