Busca avançada
Ano de início
Entree

Termodinâmica de gases ultra-frios através de variáveis globais, em equilíbrio e fora de equilíbrio

Processo: 19/21137-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Atômica e Molecular
Pesquisador responsável:Vanderlei Salvador Bagnato
Beneficiário:Ignacio Reyes Ayala
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07276-1 - CEPOF - Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica, AP.CEPID
Assunto(s):Termodinâmica   Equilíbrio termodinâmico   Gases atômicos ultrafrios   Condensado de Bose-Einstein

Resumo

Para gases presos em potenciais não homogêneos (harmônicos, por exemplo), as variáveis clássicas de volume e pressão não são mais adequadas para descrever a termodinâmica do sistema, porque o volume geométrico ocupado pelas partículas não é bem definido. No entanto, novas variáveis emergem para cada potencial chamado variáveis globais, de acordo com o formalismo desenvolvido nas Refs. [1, 2]. Essa teoria permite estudar as suscetibilidades termodinâmicas próximas ao ponto crítico da transição BEC, particularmente a compressibilidade isotérmica e o calor específico a partir do qual é possível encontrar os expoentes críticos da transição [3, 4, 5]. O principal objetivo deste trabalho é obter os expoentes críticos alfa, beta e gama [6] a partir de perfis experimentais de densidade de gases ultrafrios sem assumir nenhum modelo, isto é, de reconstruir diretamente o perfil tridimensional de densidade. (AU)