Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de sensoriamento remoto e tecnologias de mapeamento da produtividade da cana-de-açúcar visando eficiência no uso de potássio e fósforo

Processo: 20/04486-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:José Eduardo Corá
Beneficiário:Almir Salvador Neto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/13461-4 - Uso de tecnologias de sensoriamento remoto, modelagem e mapas de produtividade visando aumento da eficiência na adubação nitrogenada em cana-de-açúcar, AP.BIOEN.TEM
Assunto(s):Sensoriamento remoto   Variabilidade espacial   Cana-de-açúcar   Potássio   Fósforo

Resumo

O principal objetivo do presente projeto é desenvolver novos conhecimentos que possam levar a melhorias na avaliação da variabilidade espacial e temporal da produtividade e do manejo do K e P na cultura de cana-de-açúcar. Para atingir o objetivo, áreas comerciais de cana-de-açúcar serão monitoradas com diferentes sensores embarcados em drones, com objetivo de validar índices de vegetação usados para avaliar a absorção de K e P pela cana-de-açúcar. Os conhecimentos obtidos com o presente projeto visam melhorar métodos e ferramentas para quantificar as demandas por K e P pela cultura de cana-de-açúcar e auxiliar agricultores adotarem sistemas de gerenciamento sustentável e eficiente da adubação potássica e fosfatada. Embora sejam reconhecidos os benefícios de se usar abordagens mais precisas para gerenciar culturas com informações adicionais, as ferramentas fornecidas pela Agricultura de Precisão e outras tecnologias de informação ainda não foram adequadamente e totalmente transferidas para o gerenciamento agrícola convencional. O aumento da complexidade dos sistemas torna os cálculos de benefícios financeiros complicados e incertos, retardando sua adoção e difusão. Essas questões podem ser resolvidas melhorando o processo de tomada de decisões, integrando sistemas biofísicos avançados com modelos de decisão econômica e combinando soluções de Agricultura de Precisão com plataformas eletrônicas inovadoras, visando adoção de soluções inovadoras. Tomando-se como base essas questões as hipóteses do presente estudo são: 1) a variabilidade espacial de atributos do solo afeta os padrões espaciais e temporais da produtividade da cultura de cana-de-açúcar; 2) os dados, remotamente obtidos por sensores embarcados em drones, melhoram a compreensão da variabilidade espacial (no campo) e temporal (ao longo dos anos) da produtividade da cana-de-açúcar; 3) a resposta da cultura de cana-de-açúcar à adubação potássica e fosfatada é espacial e temporalmente variável; 4) a integração de modelos de estimativa da produtividade de culturas com dados de sensoriamento remoto pode melhorar a gestão de K e P, levando a maior lucratividade e redução de impactos ambientais. Para testar as hipóteses os seguintes objetivos são propostos: 1) avaliar a variabilidade espacial e temporal da produtividade da cana-de-açúcar e identificar zonas homogêneas de manejo estáveis e não estáveis; 2) desenvolver índices de vegetação para detectar estresse de K e P pela cultura de cana-de-açúcar usando tecnologias de sensoriamento remoto; 3) integrar dados com modelos baseados em processos para simular a variabilidade espacial do consumo de K e P e quantificar vantagens econômicas da aplicação em doses e épocas variáveis, visando otimizar a produção de cana-de-açúcar e etanol e reduzir impactos ambientais no espaço e no tempo. (AU)