Busca avançada
Ano de início
Entree

Termo-cronologia da formação Araxá, mg, através do Método de Traços de Fissão e da sistemática U-Pb

Processo: 19/24038-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Tello Sáenz
Beneficiário:Alysson Junior Barrera de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Geocronologia   Traços de fissão   Rochas metamórficas   Zircão   Datação   Cronologia   Cristalografia

Resumo

Pretende-se aplicar o Método de Traços de Fissão, MTF, em zircão para determinar tanto a idade quanto a história térmica dos embasamentos localizados no segmento sul da Faixa Brasília, na formação Araxá, localizada entre os estados de Minas Gerais e São Paulo. Adicionalmente, o Método de Datação U-Pb (LA-ICP-MS) será aplicado aos grãos de zircão coletados na área de estudo. Assim, obter-se-á simultaneamente um conjunto de idades via MTF e U-Pb nos mesmos grãos de zircão. Isso permitirá fazer um estudo geocronológico mais abrangente do Grupo Bauru através da comparação de dados de idade previamente obtidos nesta unidade geológica com aqueles a serem obtidos na Formação Araxá, localizada no segmento sul da Faixa Brasília. Ou seja, poder-se-á fazer uma correlação Fonte-Bacia já que a região da Faixa Brasília pode ser uma importante fonte de drenagem que veio a formar o Grupo Bauru localizado ao norte da Bacia do Paraná. Com a finalidade de aprimorar as metodologias de MTF e U-Pb, também, pretende-se fazer estudos da cristalografia dos grãos de zircão separados das rochas metamórficas da formação Araxá. (AU)