Busca avançada
Ano de início
Entree

Contra a modernidade: o terrorismo doméstico nos Estados Unidos e a série de televisão "Manhunt: Unabomber"

Processo: 19/21042-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História da América
Pesquisador responsável:Mary Anne Junqueira
Beneficiário:Rodolpho Hockmuller Menezes
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):História dos Estados Unidos   Terrorismo   Modernidade   Programa de televisão

Resumo

Nosso projeto propõe estudar a série de televisão "Manhunt: Unabomber", produzida pelo canal de TV a cabo Discovery Channel, e originalmente exibida em 2017 nos Estados Unidos. A série retrata a investigação acerca de Theodore Kaczynski, terrorista doméstico estadunidense, a partir do ponto de vista de James Fitzgerald, agente do FBI. Conhecido como Unabomber por seus alvos inicialmente serem linhas aéreas e cientistas em universidades, Kaczynski enviava bombas caseiras por correio, levando mais de 17 anos para ser identificado e preso. O terrorista foi capturado pelo FBI através da análise linguística de seu manifesto, The Industrial Society and its future, que criticava a sociedade tecnológica e moderna. "Manhunt" conta a fase final do caso ao mesmo tempo em que retrata os motivos e eventos que levaram Kaczynski a realizar tais atos de violência. A série será vista no contexto de produtos culturais criados pelos Estados Unidos que focam o terrorismo, em particular o terrorismo após os ataques de 11 de setembro. O caso do Unabomber e a série abordam uma das tradições norte-americanas que criticam a modernidade. Tal perspectiva vê na natureza e no contato do homem com esse meio a saída para modernidade que criou não seres humanos integrais, mas autômatos. A ideia de wilderness e da pastoral norte-americana são referências para essa tradição. (AU)