Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da influência dos fatores relacionados aos hábitos e estilo de vida no volume testicular de homens inférteis que procuram atendimento especializado

Processo: 19/08152-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Jorge Hallak
Beneficiário:Ivan Lopes Iori
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Urologia   Andrologia   Tabagismo   Sedentarismo   Alcoolismo   Infertilidade masculina   Testículo   Modo de vida   Registros médicos   Estudos retrospectivos

Resumo

Andrologia é o ramo da Medicina que estuda a saúde reprodutiva do homem. Neste campo, os testículos são órgãos endócrinos fundamentais para a produção dos hormônios sexuais masculinos, controle do eixo hipotálamo-hipófise-gonadal e determinar a qualidade da espermatogênese, atividades essenciais para a capacidade reprodutiva masculina. O volume testicular total (VTT) é um marcador clínico para diversas doenças andrológicas e pode ter origem em diversos hábitos e estilo de vida modernos, como: abuso de esteroides anabolizantes, sedentarismo, uso de drogas recreacionais, tabagismo, alcoolismo e consumo de cafeína. Objetivo: Analisar a influência dos fatores relacionados aos hábitos e estilo de vida no volume testicular de homens inférteis que procuram atendimento especializado. Métodos: Neste estudo retrospectivo, serão incluídos dados de 302 prontuários médicos de pacientes provenientes do Setor de Andrologia da FMUSP e do Laboratório Androscience, atendidos entre os anos 2000 e 2020. Após a coleta de dados, os pacientes serão divididos em quatro grupos para análise estatística. São eles: homens normozoospérmicos sem/com redução do volume testicular, homens com alteração seminal sem/com redução do volume testicular. Serão incluídas as seguintes informações dos pacientes: VTT, avaliado pelos pelo orquidômetro de Prader, paquímetro de Seager, ou por palpação dos testículos; análise seminal, realizada de acordo com os critérios estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde. Os dados serão analisados para verificar sua normalidade. Em seguida, serão analisadas as frequências, medidas de tendência central e correlações através do software SPSS 23.0.