Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de diferentes métodos de extração de fármacos em amostras de saliva para ensaios em LC MS/MS

Processo: 20/04730-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Adriana Maria Calvo
Beneficiário:Viviane da Silva Siqueira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/12725-0 - Modelo de farmacocinética/farmacodinâmica (PK/PD) na influência do polimorfismo genético do P450 (CYP2C9) de anti-inflamatórios não esteroidais e metabólitos principais a partir de amostras de saliva por LCMS/MS e seu papel na personalização da prescrição, AP.JP
Assunto(s):Farmacocinética   Saliva   Cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas   Extração líquido-líquido

Resumo

O uso de amostras de saliva em estudos de farmacocinética e bioequivalência vem sendo estudado com sucesso desde meados do século passado e estamos obtendo resultados expressivos neste auxílio Jovem Pesquisador. A concentração encontrada em saliva corresponde a fração livre ou não-ligada da grande maioria dos medicamentos, sendo este o valor mais importante quando se estuda a ação farmacológica ou tóxica de uma droga. A escolha de saliva versus sangue ou plasma deve ser abordada com seriedade, dado o fato reconhecido de que a saliva oferece amostras rápidas e não invasivas, que muitas vezes causam hematomas, incômodo ou mesmo não são realizados por medo dos pacientes considerando as múltiplas coletas necessárias em estudos de farmacocinética, e, quando temos fármacos (analitos) presentes em uma matriz tão complexa como saliva, a preparação da amostra é de importância crucial para a análise. O objetivo da preparação da amostra é remover as substâncias interferentes e também o enriquecimento dos analitos. O procedimento de extração deve ser altamente reprodutível, com uma alta recuperação dos analitos alvo. Além disso, um método ideal de preparação de amostras deve envolver um número mínimo de etapas de trabalho, que devem ser preferencialmente automatizadas, para aumentar a confiabilidade e interferência humana no resultado. Na atualidade, métodos líquido-líquido, com adição de acetato de etila e ácido clorídrico estão sendo utilizados com grande frequência no laboratório de Farmacologia e Genética da Faculdade de Odontologia de Bauru/USP, necessitando de várias etapas que desprendem algumas horas de secagem da amostra a ser analisada. A miniaturização é a nova tendência na área de bioanálise. Métodos que consomem menos tempo, exigem menos trabalho e são mais amigáveis ao meio ambiente e econômicos. Existe no mercado uma nova técnica para a preparação de amostras on-line com o ensaio de cromatografia líquida/espectrometria de massa (LC MS/MS) que vem sendo utilizada com alguns fármacos, principalmente anestésicos locais. Microextração por sorvente empacotado (MEPS) é a miniaturização da extração em fase sólida convencional (SPE), com o leito empacotado (1-2 mg) incorporado diretamente em uma seringa de injeção. A tecnologia MEPS permite a remoção de componentes da matriz, isolamento e concentração de analitos direcionados e também a redução dos efeitos da matriz. A preparação da amostra ocorre no leito empacotado da coluna. O leito pode ser revestido para fornecer condições de amostragem seletivas e adequadas. O novo método parece ser muito promissor, fácil de usar, rápido em comparação com os métodos usados tradicionalmente, mas ainda não foi testado em anti-inflamatórios não esteroidais (AINES) em amostras de saliva. Este projeto deseja analisar e comparar a efetividade das duas metodologias de extração de fármacos para serem adotadas de forma racional pelo laboratório de Farmacologia e Genética da Faculdade de Odontologia de Bauru/USP na linha de pesquisa deste Auxílio Jovem Pesquisador e que são bastante complexas no desenvolvimento e, em especial, este mestrando irá realizar a validação de metodologias em LC MS/MS para que estas sejam elegíveis para as próximas pesquisas no laboratório. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)