Busca avançada
Ano de início
Entree

O conceito de drama como articulador da crítica aos fundamentos da Psicologia, de Georges Politzer (1928)

Processo: 19/26104-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Danilo Saretta Verissimo
Beneficiário:Venâncio Paiola Tonon
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):História da psicologia   Psicanálise   Crítica (psicologia)   Bibliografias   Análise de conteúdo

Resumo

Neste projeto, de natureza teórico-conceitual, propomos a investigação das obras do filósofo franco-húngaro Georges Politzer (1903-1942), tendo em vista o exame do papel da ideia de drama nas críticas feitas pelo autor às ciências psicológicas de sua época. Para tanto, realizaremos a leitura, interpretação e discussão de seus trabalhos, dedicando atenção especial ao livro "Crítica aos Fundamentos da Psicologia" (1928/1998), no qual Politzer, amparado na leitura de "A Interpretação dos Sonhos" (Freud, 1900/1972), tece sua crítica à psicanálise e à psicologia clássica. Nosso objetivo é compreender como o conceito de drama vem a se tornar o elemento articulador desta crítica. O material de pesquisa foi divido em bibliografia primária e secundária, contemplando, respectivamente, os escritos de Politzer nos quais o drama é tematizado, e os comentadores de sua obra. Nossas atividades serão realizadas dentrode parâmetros pertinentes a estudos teóricos e conceituais em psicologia. O plano de pesquisa abarca um programa de leituras, fichamentos e sínteses interpretativas, bem como a elaboração de relatórios e apresentação dos resultados em eventos científico.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)