Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise funcional do gene SlUACA potencialmente associado à resistência à Moniliophthora perniciosa, causador da doença vassoura-de-bruxa em cacaueiro, do tomateiro (Solanum lycopersicum) cv. 'Micro-Tom'

Processo: 19/25326-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2020
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Antonio Vargas de Oliveira Figueira
Beneficiário:Bárbara Gonçalves Silva
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/10498-4 - Investigação das estratégias de adaptação ao estilo de vida patogênico de fungos do gênero Moniliophthora em diferentes níveis de organização biológica: espécies, biótipos e linhagens geográficas, AP.TEM
Assunto(s):Transgenia   Genômica funcional   Genética molecular

Resumo

A "vassoura-de-bruxa" é a principal doença que acomete o cacaueiro (Theobroma cacao), limitando a produção de cacau na América do Sul e Caribe. O fungo basidiomiceto Moniliophthora perniciosa, agente etiológico da doença, apresenta estilo de vida hemibiotrófico com um extenso e peculiar período biotrófico, causando os sintomas de inchamento e indução de brotações laterais nos ramos infectados. O tomateiro (Solanum lycopersicum) cv. 'Micro-Tom' (MT) demonstrou ser um modelo genético adequado para o estudo da interação com o biótipo-S de M. perniciosa, exibindo os sintomas característicos da infecção, além de características intrínsecas, como a disponibilidade de um protocolo otimizado de transformação genética, transpondo as dificuldades biológicas de análises em cacaueiro. A investigação de genes via análises funcionais é fundamental à compreensão dos mecanismos de patogenicidade de M. perniciosa e os mecanismos de defesa do hospedeiro em busca de elementos de resistência. A obtenção de cultivares resistentes de cacaueiro à infecção é a medida mais efetiva a longo prazo para reduzir os impactos da enfermidade. A partir da identificação de um gene apoptótico UVEAL AUTOANTIGEN WITH COILED-COIL DOMAINS AND ANKYRIN REPEATS (UACA), gene candidato associado à resistência no cacaueiro, faz-se necessária a análise funcional deste gene para verificar seu potencial à resistência, crucial à futura implementação de cultivares resistentes em cacaueiro. A proposta do presente projeto é analisar funcionalmente SlUACA, e elucidar seu papel na resistência a vassoura-de-bruxa.