Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do Instagram nas motivações para escolhas alimentares de estudantes universitários da área da saúde

Processo: 19/19076-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Sílvia Justina Papini
Beneficiário:Aline Batista Ribeiro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Educação em saúde   Hábitos alimentares   Comportamento alimentar   Influências sociais   Redes sociais   Estudantes universitários   Coleta de dados   Entrevista   Inquéritos e questionários

Resumo

O uso das redes sociais tem crescido cada vez mais no mundo atual. O relatório "Global Digital 2019" demonstrou que em 2018, dos 7,6 bilhões de pessoas no mundo, 3,1 bilhões são usuários ativos de redes sociais, e que o Brasil possui 140 milhões de usuários ativos nas redes socais. Estudos avaliam o potencial negativo do uso das redes sociais, com depressão e ansiedade e com fenômenos sociais. Poucos estudos relacionam o uso específico do Instagram com o comportamento alimentar, uma vez que a percepção do peso corporal apresenta um papel significativo no peso corporal e no comportamento alimentar. O objetivo é avaliar a influência do uso da rede social Instagram, e o conteúdo consumido nessa rede, nas motivações para as escolhas alimentares de estudantes universitários da área da saúde. O trabalho será realizado com estudantes de graduação dos cursos da área de Saúde, maiores de 18 anos, do Instituto de Biociências (Nutrição e Ciências Biomédicas)e da Faculdade de Medicina de Botucatu (Enfermagem e Medicina). Considerando o instrumento de coleta de dados, que é composto de 45 questões, serão necessários no mínimo 46 indivíduos para realizar a análise proposta. Para o presente estudo serão convidados todos os alunos matriculados nos cursos acima relacionados, e uma possível perda de 10% das avaliações para ser uma amostra representativa desta população. A coleta de dados será no período de novembro de 2019 a julho de 2020. A pesquisadora fará contato com os representantes de classe de cada ano de graduação, de todos os cursos, para agendamento de uma visita a sala de aula, para esclarecer o objetivo do estudo e convidar os alunos para participação. Todos os que aceitarem participar assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Será aplicado um questionário contendo informações sociodemográficas para caracterização da população: idade, sexo, opção sexual, curso, período cursado, estado civil, etnia, número de moradores da casa, quem prepara as refeições e onde faz as refeições, tabagismo, etilismo, atividade física, peso e estatura autoreferidos. Serão levantadas informações referentes ao uso do Instagram: tempo de uso e conteúdo consumido. Será utilizado a escala "The Eating Motivation Survey - TEMS", versão reduzida, elaborada, por pesquisadores alemães e, adaptada transculturalmente e validada para o Brasil, por meio de um conjunto de estudos que objetivaram não apenas reunir os diferentes motivos relacionados às escolhas alimentares presentes em outros instrumentos, mas também ampliar o entendimento por meio de entrevistas com profissionais relacionados ao meio como nutricionistas, psicólogos, e considerações dos autores - o que resultou em um instrumento que abrange as dimensões necessárias para avaliar as motivações para comer e escolhas alimentares. O questionário a ser aplicado é constituído de 45 questões e 15 domínios. A análise dos dados obtidos será multivariada na qual será aplicada uma análise fatorial para verificação dos 15 domínios propostos. Para tal análise serão necessários um mínimo de 46 indivíduos, conforme cálculo amostral demonstrado anteriormente. Será realizada uma análise descritiva para os dados sócio-demográfico e do uso do Instagram. Serão feitas correlação entre as variáveis do questionário sócio-demográfico com as varáveis do Instagram, tempo de uso e conteúdo consumido. Em todas as análises será fixado o nível de significância de 5% ou p-valor correspondente. Todas as análises serão realizadas utilizando o programa SAS for windows, v. 9.4. (AU)