Busca avançada
Ano de início
Entree

Conhecimento e significado dos impactos ambientais na saúde: as expressões de enfermeiros da Estratégia Saúde da Família

Processo: 19/21138-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Sílvia Carla da Sílva André Uehara
Beneficiário:Natalia Maria Assunção
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde ambiental   Atenção primária à saúde   Impactos ambientais   Estratégia saúde da família   Pessoal de saúde   Ensaio clínico   Entrevista   Coleta de dados   Análise de conteúdo

Resumo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera as mudanças climáticas um desafio para a manutenção da saúde humana, exigindo a implementação de estratégias direcionadas à proteção da saúde pública, incluindo, além de recursos financeiros, tecnológicos e de infraestrutura, atividades direcionadas à educação e à conscientização da população. Contudo, apesar dessa preocupação, parece haver ainda, certo distanciamento entre o campo da saúde e a efetiva relação com práticas de proteção ambiental ou de minimização de seus efeitos. Nesse sentido, o desenvolvimento de estudos que problematizem a questão da interface entre os impactos ambientais na saúde, tanto no cenário da formação como no âmbito da prática profissional em saúde e enfermagem são fundamentais, em especial, entre os enfermeiros de Estratégia Saúde da Família (ESF). Este estudo tem como objetivo analisar o conhecimento de enfermeiros de ESF sobre os impactos ambientais na saúde. Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva e de abordagem qualitativa. Este estudo será realizado com nas 22 enfermeiros de ESF do município de São Carlos. Para participação na pesquisa foram definidos os seguintes critérios de inclusão: enfermeiro que estiver exercendo a função há mais de 3 meses. Ainda, como critérios de exclusão foram definidos os participantes que estiverem de licença ou férias; e, ainda, participantes que não se disponibilizarem a realizar a entrevista após três agendamentos. Para a coleta dos dados será realizada uma entrevista, utilizando um instrumento semi-estruturado. Os dados serão analisados por meio da análise temática de conteúdo, que desdobra-se em três etapas pré-análise, exploração do material e tratamento dos resultados obtidos/interpretação. Ainda, a pesquisa será submetida para apreciação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de São Carlos-SP. (AU)