Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise por microCT da influência de diferentes protocolos de retratamento endodôntico na remoção do material obturador em canais radiculares achatados e seu impacto na resistência de união do cimento à base de resina epóxica

Processo: 19/27116-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Fuad Jacob Abi Rached Junior
Beneficiário:Orestes Pereira Olivato
Instituição-sede: Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Campus Ribeirão Preto. Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Retratamento   Cimentos dentários   Resinas   Resistência de união (odontologia)   Canal radicular   Microtomografia   Análise morfológica   Microscopia eletrônica de varredura

Resumo

O objetivo do presente estudo será avaliar, por meio de microtomografia computadorizada (microCT), diferentes protocolos complementares de remoção de material obturador em canais achatados, e seu impacto na adesividade à dentina do cimento AH Plus, por meio do teste de push out. Cinquenta raízes de pré molares com canais achatados serão selecionadas por meio da análise morfológica em microCT. Após o preparo biomecânico com sistema Reciproc R25 serão obturadas por meio da condensação lateral com AH Plus e guta percha. Os espécimes serão submetidos a termociclagem e, em seguida serão escaneados novamente e avaliados quantitativamente em relação ao volume de material obturador. Dez espécimes serão aleatoriamente selecionados para compor o grupo controle, o qual não será submetido ao retratamento endodôntico. A remoção do material obturador dos demais espécimes será realizada por meio do instrumento R40 e, na sequência, serão distribuídos aleatoriamente em quatro grupos, de acordo com o protocolo de remoção do material obturador (n=40): Reciproc/irrigação convencional, Reciproc/irrigação ultrassônica passiva, Reciproc/ EasyClean. Os espécimes serão novamente escaneados e avaliados quantitativamente em relação ao volume de remanescente de material obturador. Os espécimes serão novamente obturados por meio da técnica da condensação lateral com cimento AH Plus e guta percha, para então serem seccionados em slices de 2mm em máquina de corte. O primeiro slice de cada terço radicular será submetido ao teste de push out e no segundo slice será realizada análise da interface material obturador/dentina por meio de microscopia eletrônica de varredura. Os dados morfométricos (mm3) da microtomografia e os valores (MPa) da resistência de união serão submetidos à análise estatística por meio do programa SPSS. (AU)