Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da massa muscular e tecido adiposo sobre parâmetros de densidade, geometria e remodelação óssea de membros inferiores entre adolescentes engajados em diferentes esportes: ABCD - growth study

Processo: 19/22754-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Rômulo Araújo Fernandes
Beneficiário:Rafael Luiz de Marco
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Pediatria   Adolescentes   Músculos   Densidade óssea   Tecido adiposo   Membros inferiores   Esportes   Densitometria óssea   Absorciometria de fóton   Presidente Prudente (SP)

Resumo

Nos últimos anos a Osteoporose vem chamando a atenção dos pesquisadores e serviços de saúde pública devido seus grandes custos de tratamento para a sociedade de modo geral. No entanto o período de infância e adolescência é considerado como primordial, principalmente para os ganhos de massa óssea. Nesse sentido, a literatura ainda discute quais são os efeitos dos tecidos muscular e adiposo sobre a densidade mineral óssea de crianças e adolescentes. Objetivo: Analisar o efeito da massa muscular e tecido adiposo sobre adaptações ocorridas na estrutura óssea de membros inferiores de adolescentes engajados em diferentes esportes e identificar se os possíveis efeitos osteogênicos da massa muscular sobre parâmetros de densidade, geometria e remodelação óssea de membros inferiores são mediados pelo tecido adiposo. Métodos: Estudo longitudinal com vinte e quatro meses de seguimento (coletas serão realizadas em três momentos, considerando um período de 12 meses a cada coleta de dados) que será conduzido na cidade de Presidente Prudente. A amostra será composta por 197 jovens classificados como: controle (não engajados em atividades esportivas organizadas); esporte de menor impacto mecânico (natação) e esportes maior impacto mecânico (atletismo, basquetebol, caratê, kung fu, judô, tênis, baseball, ginastica artística e ballet). Os parâmetros ósseos de densidade (DMO [g/cm2]) e conteúdo (CMO [g]) serão mensurados pela técnica de densitometria óssea [dual-energy X-ray absorptiometry - DEXA], (marca General Electrics, modelo WH - Prodigy Primo). Serão tratados como variáveis de confusão: idade cronológica, maturação biológica e consumo de vitamina D e hormônio do crescimento GH. Resultados esperados: Espera-se, finalmente, discriminar de maneira mais precisa o real impacto da massa muscular e tecido adiposo sobre os ganhos ósseos de adolescentes, bem como o papel da prática de diferentes modalidades esportivas em tal processo. (AU)