Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmicas do espaço platino: pessoas e objetos em circulação pelos caminhos do Prata entre 1530 e 1640

Processo: 19/19770-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História da América
Pesquisador responsável:José Carlos Vilardaga
Beneficiário:José Carlos Vilardaga
Anfitrião: Jose Manuel Santos Perez
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad de Salamanca (USAL), Espanha  
Assunto(s):Comércio internacional   Território   Fronteiras   Mercadoria   Bacia do Prata

Resumo

Este projeto visa analisar os processos de circulação de pessoas e objetos, especialmente mercadorias, pelos caminhos platinos entre os séculos XVI e XVII. Por região platina, em sentido geo-histórico, entende-se, aqui, as jurisdições coloniais das Províncias de Tucumã, Rio da Prata e Paraguai, assim como as Capitanias de São Vicente e Rio de Janeiro. Para além, ou aquém, de uma territorialidade formal e de fronteiras imperiais, pretende-se compreender este espaço como um lugar dinâmico e constantemente redesenhado conforme os fluxos estabelecidos pelas conjunturas políticas e pelos interesses dos mais diferentes agentes coloniais e sujeitos envolvidos no cotidiano das relações sociais. Além do estudo das rotas e da materialidade dos caminhos e transportes, o projeto objetiva também compreender as redes comerciais atreladas a estas lógicas de circulação e conexão, assim como os significados econômicos, sociais e culturais dos objetos e bens intercambiados. Como resultados, almeja-se, além da produção acadêmica resultante da investigação, sistematização e análise dos documentos alocados nas instituições de pesquisa referidas no corpo do projeto, a estruturação e divulgação de um Banco de Dados sobre circulação e trânsito no espaço platino nos séculos XVI e XVII. O estágio pós-doutoral junto à Universidade de Salamanca (USAL), sob supervisão do Prof. José Manuel Santos Pérez, organizador de um banco de dados sobre circulação no mundo ibero-americano (Brasilhis); e o breve período de estágio previsto junto à Universidade Nova de Lisboa, prometem contribuir enormemente para a concretização dos objetivos propostos, além de fortalecer parcerias de pesquisa, experiências acadêmicas e processos de internacionalização.