Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoramento dos índices de estriol em água após tratamento por biorremediação

Processo: 19/25836-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:William de Melo Silva
Beneficiário:Francisco Contini Barreto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento de água   Biorremediação   Mananciais   Água   Estriol   Monitoramento ambiental   Voltametria cíclica   Técnicas eletroquímicas

Resumo

A presença de alguns hormônios em água de mananciais que podem causar malefícios à saúde não são facilmente removidos pelos processos convencionais de floculação, decantação, filtração, desinfecção e fluoretação. Atualmente, estão sendo investidos recursos financeiros em alguns países em um processo conhecido como biorremediação para o tratamento de água contaminada com hormônios diversos. Este projeto de iniciação científica tem como objetivo a redução dos índices do hormônio estriol em água contaminada. Para isso, estão sendo propostos a construção de um dispositivo biorremediador em escala laboratorial e o monitoramento da variação do hormônio estriol através de análises baseadas em uma técnica eletroquímica específica.