Busca avançada
Ano de início
Entree

Cultura universitária e experiência de juventude de estudantes do primeiro ano de geografia da FCT/UNESP - Presidente Prudente

Processo: 19/13022-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Pesquisador responsável:Nécio Turra Neto
Beneficiário:Joao Pedro Turino Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Ensino de geografia   Estudantes universitários   Evasão escolar   Práticas pedagógicas   Etnografia   Grupos focais   Inquéritos e questionários   Presidente Prudente (SP)

Resumo

A proposta de pesquisa tem como foco a cultura universitária que se constitui no curso de Geografia da FCT/UNESP, Presidente Prudente, mais particularmente a experiência que têm dela jovens estudantes do primeiro ano do curso, justamente aqueles que passaram recentemente ou estão passando pelo processo de inserção na vida universitária, vindos de trajetórias de vida e com projetos de futuro muito diversos. As questões principais que orientarão a pesquisa são: quem são os jovens que chegam ao curso de Geografia da FCT/UNESP e quais eram suas experiências prévias de juventude e que experiências passam a ter quando ingressam no curso? O que seria a graduação em Geografia da FCT/UNESP enquanto contexto socioespacial e cultural específico, que tornaria esta experiência de juventude singular? Como os estudantes em sua diversidade articulam sua especificidade às experiências como estudantes de Geografia? Para responder estas questões, vamos seguir um percurso investigativo que articulará estratégias quantitativas e qualitativas de produção de informação. Por um lado, trabalharemos tanto com dados secundários da própria UNESP, quanto com questionários aplicados ao universo dos estudantes foco da pesquisa. Por outro lado, realizaremos uma pesquisa de cunho etnográfico, com observação participante, grupos focais e questionários. Com a pesquisa, esperamos trazer uma contribuição tanto ao campo de estudos da "Geografia das Juventudes", quanto para o próprio curso de Geografia, que poderá conhecer outras facetas do universo estudantil e assim, repensar estratégias pedagógicas e ações para ampliar o diálogo com os estudantes e estratégias contra a evasão escolar(tão presente nos primeiros anos do curso).