Busca avançada
Ano de início
Entree

Dor, ansiedade e sintomas depressivos em estudantes de enfermagem

Processo: 19/23329-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Psiquiátrica
Pesquisador responsável:Priscilla Hortense
Beneficiário:Luiz Paulo Miotto
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Dor crônica   Estudantes de enfermagem

Resumo

A dor crônica tem atingido níveis epidêmicos, atinge pessoas de diversas idades e é um sintoma extremamente importante. Em níveis mais altos pode causar alterações de humor e nas relações interpessoais e, para seu tratamento, é necessária uma avaliação profunda para identificar aquilo que pode auxiliar o tratamento e o que pode ser prejudicial a ele. A dor também pode trazer o acometimento de sintomas psicológicos como depressão e ansiedade, que também devem ser avaliados. Comumente alunos e profissionais da enfermagem desenvolvem dor, ansiedade e/ou depressão ao longo de suas vidas, iniciando-se na graduação e os levando à automedicação. Enquanto os alunos se deparam com a falta de recursos cognitivos e emocionais, os profissionais lidam com cargas de trabalho exaustivas, fatores desencadeadores dessa sintomatologia. Estes fatores podem ser prejudiciais e exigem que medidas preventivas e auxiliares sejam desenvolvidas, para a redução do acometimento dessas patologias. Objetivo: Analisar a prevalência de dor crônica, ansiedade e sintomas depressivos em estudantes universitários do curso de enfermagem, bem como os níveis de intensidade de dor entre eles, seus níveis sociodemográficos e analisar e comparar a associação entre dor, ansiedade e sintomas depressivos. Metodologia: Estudo exploratório, transversal, analítico, com utilização do método quantitativo de investigação, com projeto submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da UFSCar, onde serão utilizados o Questionário Inicial para a Caracterização Sociodemográfica, a Escala de Intensidade Numérica de Dor com mapa corporal, o Patient Health Questionnaire-9 (PHQ-9) e o Inventário de Ansiedade de Beck (BAI). O estudo será realizado em uma universidade do interior do estado de São Paulo, com um valor aproximado de 150 alunos da graduação em enfermagem.