Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da história esportiva de lutadores de jiu-jitsu

Processo: 19/19731-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Cognitiva
Pesquisador responsável:Ricardo da Costa Padovani
Beneficiário:Bruno Alves Barros de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Psicologia do esporte   Artes marciais   Qualidade de vida   Autocontrole   Esportes   Lutadores   Entrevista   Análise de conteúdo

Resumo

O jiu-jitsu brasileiro, modalidade de esporte de combate e defesa pessoal, vem se consolidando como uma importante marca do Brasil. Este crescimento faz com que seja importante estudar o efeito desta luta na vida dos praticantes. O objetivo do estudo será investigar a percepção de lutadores de jiu-jitsu sobre a escolha da modalidade e a influência da sua prática na expressão do autocontrole. Buscar-se-á também investigar o efeito da prática do jiu-jitsu na percepção do bem-estar subjetivo e na qualidade de vida do praticante. Participaram do estudo 10 lutadores de jiu-jitsu com mais de um ano de prática e ao menos uma experiência competitiva. A assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido formalizou a participação no estudo. A coleta de dados se deu a partir da aplicação de um roteiro de entrevista semiestruturado que abordou as seguintes questões: interesse e finalidade na modalidade, percepção acerca de mudanças comportamentais individuais, uso de técnicas da modalidade fora do contexto esportivo, uso da prática da modalidade como forma de intimidação, percepção de mudanças pessoais positivas proporcionadas pela prática da modalidade. As entrevistas serão realizadas individualmente. A investigação dos dados será realizada baseando-se da análise dos conteúdos emergidos a partir das categorias apriorísticas elencadas nas questões norteadoras do roteiro de entrevista. Acredita-se que os resultados provenientes deste estudo possam ampliar a visão acerca dos efeitos da prática contínua de jiu-jitsu sobre a percepção da emissão do comportamento agressivo e da qualidade de vida dos praticantes.