Busca avançada
Ano de início
Entree

Combinação de tianfenicol com florfenicol: farmacocinética e eficácia terapêutica no tratamento da Estreptococose em Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus)

Processo: 19/22775-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Fabiana Pilarski
Beneficiário:Inácio Mateus Assane
Instituição-sede: Centro de Aquicultura (CAUNESP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde animal   Organismos aquáticos   Tilápia-do-Nilo   Farmacocinética   Tianfenicol   Terapêutica   Infecções estreptocócicas   Streptococcus

Resumo

A produção aquícola brasileira aumentou expressivamente nas últimas duas décadas, principalmente a criação de Tilápia. No entanto, surtos de bacteriose têm originado grandes perdas econômicas; resultando no aumento dos riscos e incertezas sobre o futuro da atividade e redução de investimento. Face a essa situação, e a escassez de alternativas terapêuticas eficazes para o controle dos surtos de doença, vários antimicrobianos são utilizados ilegalmente e de forma inadequada; resultando em ineficácia terapêutica dos antimicrobianos disponíveis, surgimento e dispersão de resistência antimicrobiana na Piscicultura. Existem no momento somente dois antibióticos legalizados para o tratamento de doenças bacterianas na Piscicultura brasileira, a oxitetraciclina e o florfenicol (FFC); sendo o último o único legalizado para o tratamento de doenças que acometem Tilápia. Diante deste cenário, a procura por alternativas terapêuticas eficazes para o tratamento de bacterioses na Piscicultura é uma necessidade. Assim, esse projeto tem como objetivo estudar o perfil farmacocinético (no plasma) do tianfenicol (TAF), FFC e florfenicol amina (FFCA) em Tilápia-do-Nilo após administração da combinação TAF-FFC; e a eficácia terapêutica da combinação no tratamento de Estreptococose (causada por Streptococcus spp.) em Tilápia-do-Nilo. A Estreptococose está entre as principais doenças que acometem tilápia desde a fases de engorda (10g) e até terminação (1kg). Resultados satisfatórios sobre a eficácia terapêutica da combinação TAF:FFC no tratamento de várias doenças bacterianas em várias espécies de animais de produção, incluindo peixes, sugerem grande potencialidade desta combinação como alternativa terapêutica para o tratamento de doenças bacterianas em Tilápia-do-Nilo. Espera-se que os resultados desta pesquisa contribuam para o estabelecimento de um protocolo de tratamento eficaz de Estreptococose usando a combinação TAF:FFC em Tilápia. (AU)