Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e caracterização da comunidade ictioplanctônica do estuário do Rio Ribeira de Iguape, São Paulo, Brasil, através de DNA metabarcoding

Processo: 20/00538-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Claudio de Oliveira
Beneficiário:Cristina Bernardo
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Peixes   Ictioplâncton   Código de barras de DNA taxonômico   Biodiversidade   Estuários   Conservação biológica   Rio Ribeira de Iguape

Resumo

Os estuários são utilizados por muitos peixes como locais de reprodução, alimentação, desova e proteção contra predadores. Estes fatores são influenciados por constantes variações ambientais, as quais regulam a fase de desenvolvimento embrionário ou larval destes organismos. O conhecimento das áreas de desova e recrutamento, bem como a identificação do ictioplâncton é essencial para entender a dinâmica populacional no ambiente, além de contribuir para a proteção da ictiofauna e gestão dos recursos pesqueiros. Visto que os métodos tradicionais de identificação de ovos e larvas apresentam limitações, técnicas moleculares têm sido empregadas na identificação de espécies, utilizando o gene mitocondrial citocromo C oxidase subunidade I (COI). Considerando que esta é uma técnica vagarosa e de alto custo, o DNA metabarcoding, onde se sequenciam e identificam amostras de DNA em massa, tem se mostrado mais eficaz nesse processo. Assim, o objetivo principal do presente projeto é identificar e caracterizar o ictioplâncton do estuário do Rio Ribeira de Iguape, através da análise de DNA metabarcoding, trazendo informações relevantes, a fim de subsidiar futuros planos de manejo e conservação de áreas prioritárias para a manutenção destes organismos. (AU)