Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise comparativa entre implantes de titânio e cerâmica policristalina, na sobrevivência em fadiga e comportamento biomecânico

Processo: 19/24903-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Marco Antonio Bottino
Beneficiário:Jefferson David Melo de Matos
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):21/11499-2 - Comportamento biomecânico e sobrevivência em fadiga de implantes de titânio e zircônia suportados sobre coroas unitárias de zircônia, BE.EP.DR
Assunto(s):Implantes dentários   Implantes dentários de titânio   Porcelana dentária   Zircônia   Biomecânica   Fadiga dos materiais   Método dos elementos finitos

Resumo

Caracterizar e avaliar o comportamento biomecânico pelo método dos elementos finitos e a resistência à fadiga de implantes unitários em dois diferentes grupos: implantes de titânio com pilares de zircônia e implantes de zircônia com pilares de zircônia. Materiais e métodos: Serão utilizados 40 implantes, sendo 20 confeccionados em titânio comercialmente puro (TZ) e 20 confeccionados em zircônia (ZZ). Os implantes apresentarão diâmetro de 4,1 mm com comprimento de 10 mm. Aos implantes serão parafusados pilares protéticos de zircônia (PilaresSynOcta) com desenho cônico de 8° e encaixe por fricção interna, instalados com o torque de 35 N.cm utilizando chave específica do sistema por meio de um torquímetro digital. Os torques serão confirmados após 10 minutos da instalação, no início e ao término do teste de fadiga. Serão realizadas as análises de MEV/FEG, EDS e DRX para caracterização da microsestrutra da superfície. Para caracterização topográfica serão realizadas as análises de adaptação das coroas e perfilometria óptica. Todos os espécimes serão submetidos ao teste de sobrevivência em fadiga e receberão 2.000.000 ciclos na frequência de 2 Hz com aplicador de aço inoxidável de 1,6 mm de diâmetro, conforme os parâmetros descritos na norma ISO 14801:2007, seguido por análise fractográfica. A distribuição de tensões será analisada por elementos finitos. Os resultados serão discutidos frente a literatura. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MELO DE MATOS, JEFFERSON DAVID; SCALZER LOPES, GUILHERME DA ROCHA; NOMURA NAKANO, LEONARDO JIRO; RAMOS, NATHALIA DE CARVALHO; LUCENA DE VASCONCELOS, JOHN EVERSONG; BOTTINO, MARCO ANTONIO; MENDES TRIBST, JOAO PAULO. iomechanical evaluation of 3-unit fixed partial dentures on monotype and two-piece zirconia dental implant. COMPUTER METHODS IN BIOMECHANICS AND BIOMEDICAL ENGINEERING, v. 25, n. 3, . (19/24903-6)
JEFFERSON DAVID MELO DE MATOS; ANDREZZA CRISTINA MOURA DOS-SANTOS; LEONARDO JIRO NOMURA NAKANO; JOHN EVERSONG LUCENA DE-VASCONCELOS; VALDIR CABRAL ANDRADE; RENATO SUSSUMU NISHIOKA; MARCO ANTONIO BOTTINO; GUILHERME DA ROCHA SCALZER LOPES. Metal Alloys in Dentistry: An Outdated Material or Required for Oral Rehabilitation?. Int. J. Odontostomat., v. 15, n. 3, p. 702-711, . (19/24903-6)
ALECSANDRO DE MOURA SILVA; JEFFERSON DAVID MELO DE MATOS; JOÃO PAULO MENDES TRIBST; GUILHERME DA ROCHA SCALZER LOPES; CAROLINA DA SILVA MACHADO MARTINELLI; ALEXANDRE LUIZ DE SOUTO BORGES; ESTEVÃO TOMOMITSU KIMPARA; LAFAYETTE NOGUEIRA-JUNIOR; RENATA MARQUES DE-MELO; MARCO ANTONIO BOTTINO. Effect of Titanium Hardness on the Integrity and Stress Concentration of External Hexagon Dental Implants. Int. J. Odontostomat., v. 15, n. 4, p. 1053-1059, . (19/24903-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.